1ºGOZOU NA CHUPADA E DEPOIS SENTOU NO PAU DURO

Loading

O Nestor, aquele carente por buceta que acabou sendo o outro fixo da minha esposa, fodeu ela na sexta, e no sábado o macho dela veio para foder também. Manhã de sol, quase fim de verão, pouca gente de fora permanecia na cidade aproveitando o mar e o sol. O Pauzudo chegou rasgando elogios a Mary que na semana anterior fodeu com ele e outro amigo com direito a DP e tudo o mais. Longos abraços com amassos e beijos de língua marcaram o reencontro. De bermuda solta, o macho da Mary deixava transparecer o volume que já dava o ar da graça. Só com uma saída de praia em nada mais, a Mary aos beijos, alisava o pau do amante em toda sua extensão. Com a outra mão começou a soltar o botão e abrir o zíper facilitando para abaixar a bermuda do Pauzudo que rapidamente se livrou dela. Sentindo a mão

do macho na sua boceta, Mary foi se ajeitando no sofá abrindo o mais que podia suas pernas. Livrou-se da roupa e se entregou totalmente para o macho. A Mary já tinha comentado que seu amante era um exímio chupar de boceta. E sem perda de tempo, ele começou a lamber aquela boceta como se fosse sorvete. Sugava os lábios, tocava o grelo coma ponta da língua e cheio de tesão, entrava coma boca lá dentro, sugando toda a deliciosa boceta da minha esposa. Era um sexo oral intenso, tão completo que a Mary já começava a aumentar o volume dos gemidos pedindo: “ chupa querido, chupa toda essa boceta vai! ” Com muito jeito, concentrou um pouco das suas ações no grelo deixando minha esposa alucinada e começando a gozar. “Uiiiiiiiiiiiiiii, faz maisssssssss, fazzzzzzzzzz, assim, lambe e aiiiiiiiiiii” – era só o que se ouvia. Com as duas mãos ela segurava a cabeça do ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]