a bunda de Fernandinho

Loading

Tenho 25, casado, e essa historia, real, aconteceu a uns 7 anos atras. Eu era bem adolescente,passava minhas tardes na praia, tinha uma turminha de garotos da minha faixa de idade. A maioria de nos estudavamos de manhã e a tarde quase sempre, jogavamos bola, ficava sacaniando um ao outro, coisas assim. No nosso grupo tinha um viadinho chamado Jaques, bem afetado e que muitos dos meus amigos ja tinham pegado. Ele me cantava muito, mas como eu nao gosto de caras efeminados para comer, sempre dava uma desculpa para escapar do assedio dele. Nos o chamavamos de Margarida, pois havia um juiz de futebol viadão com esse nome. Jaques nem ligava. Mas vamos a historia. Uma tarde eu tava na praia sozinho e Jaques margarida chegou. Sentou do meu lado e começou a papear. Contava seus casos, os caras que ja tinham pego ele, dizia que ainda faltava eu, como foi sua priemira vez e coisas assim. Eu ouvia meu amiguinho gay contar sua historia quando um amigo nosso passou por nos e nessa passada, meteu a mão na minha bunda. Eu levei um susto e vi que era o Fernandinho. Ele tinha mania de passar a mao na minha bunda sempre que me via. Saiu rindo e eu de sacanagem falei: – qualquer dia eu ainda como sua bunda. Fernandinho, bem muleke, arriou a bermuda e me mostrou seu rabo e rindo foi embora. Eu aí comentei com Jaques: – Bunda bonita tem o safado. Se ele me desse eu sentava o cacete naquele rabo. Pena que ele nao da, não é? Jaques olhou pra mim

e falou: – É ele não da, mas como voce é meu amigo, vou te dar uma dica. Sabe que quando ele bebe ele dorme que nem uma pedra? – Como assim, falei. – Fui uma festa e ele tomou uma bebedeira, botamos ele pra dormir, sacaniamos ele, pintamos ele de batom, fizemos o diabo e ele nem nada. – E daí, falei. – Daí, que sabado vou dar uma festa la em casa, vim te convidar e Fernandinho tambem foi convidado. Se vc quizer eu faço a minha parte e vc se diverte depois. Jaques foi embora e eu fiquei sozinho na praia matutando o que ele queria dizer. Sabado, por volta de meia noite cheguei na casa de Jaques. As festas la eram uma beleza. Os pais dele tinham grana e entao rolava muita comida e bebida e tb muitas garotas e garotos. Jaques conhecia todo mundo. Cheguei e fiquei perto da turma. Fernadinho tb tava com a gente. Jaques veio falar comigo e trouxe mais cerveja e tinha o cuidado de nao deixar o copo de Fernandinho vazio. Por volta de uma da manhã, fernandinho tava dormindo no sofa da sala. Jaques me chamou e perguntou se eu podia ajuda-lo a levar Fernandinho pro seu quarto. Peguei o muleke por um braço, Jaques pegou-o pelo outro e saimos arrastando o cara ate o quarto de jaques. Pusemos ele na cama, alias uma senhora cama de casal. Jaques tirou o tenis e a camisa de Fernandinho, deixando-o so de bermudas. – Agora é contigo, falou. Não se preocupe que ele ferra no sono. ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]