A FILHA CURIOSA ( Parte 2)

Loading

CONTINUA.....
CAPÍTULO 2
( O flagra )

- Hummmmm colocando uma piroquinha de plástico na bocetinha é mana.. A mamãe vai adorar esse filme...
Ironizou ela com uma risada sarcástica e depravada...
A casa caiu!!! Pensei...
Eu não sabia o que fazer nem o que dizer em minha defesa naquela hora..
Entrei quase em pânico..
Ela ria de mim e do meu pânico gravando tudo sem parar...
Eu tentava me cobrir e esconder e proteger minha bocetinha e a piroca de plástico, mas a diabólica de minha irmã fazia terror ainda mais, dizendo:
- Não adiantava esconder a boceta e a pica de plástico!!! Eu já estou gravando tem uns 5 minutos....
Tentei negociar tudo que eu podia, mas ela lançou sua proposta depois de se esgotarem todas as minha propostas, tudo para que ela não mandasse para a mamãe aquelas imagens...
- Vamos fazer assim... Nós duas vamos brincar... E eu vou te ensinar a chupar uma pica de verdade, sem ser de plástico... Se você “topar”... Eu apago esse vídeo e os outros que fiz de você fazendo o mesmo, e das fotos que você fazia da tua bocetinha e enviava por “watzap” para um monte de homens que você não sabe nem o que vão fazer com essas fotos..
Fiquei em silêncio por um bom tempo até que concordei..
-Tudo bem mana eu faço qualquer coisa..
Assim que concordei, ela revela que a pica que me ensinaria a chupar seria a do papai...
E foi ai que ela deu uma risada e chamou em voz alta...
- Vem pai ela concordou...
Eu não estava acreditando que ela tinha chamado o papai...
Parece que tudo foi se encaixando naquele momento..
Ele ali bem diante de nós duas com o pau a ponto de explodir a calça..
Eu até implorei..
- Não, por favor!!!
Fazendo mais terrorismo ela blefou dizendo...
-Tudo bem... Você não quer!!! Beleza... Vou mandar agora pra mamãe..
Eu gritei de pânico e medo...
- Não tudo bem... Eu vou tentar.... Só vou precisar de muita paciência de vocês vai ser muito difícil pra mim... Porque tú é minha irmã e

o senhor e meu pai..
Papai até tentava me confortar...
- Calma meu amor... Papai e a sua irmãzinha vamos te ensinar muita coisa deliciosa.. Não se preocupe você vai adorar...
E sentou perto de mim na cama e enquanto falava meu coração só faltava pular pela boca, de tanta tensão que eu sentia...
O tesão tinha ido embora e meu corpo tremia por inteiro e eu gaguejava toda palavra..
E eles se esforçavam para me deixar bem relaxada, mas era muito difícil encarar aquilo como natural..
Demorou mas depois que eles contavam como tudo aconteceu entre eles eu me via vencida pelo cansaço e pelo tesão que passou a tomar conta do meu corpo novamente...
Minha irmã conduzia tudo como carinho e tesão...
Ela disse:
Olha pra cá... me indicando que deveria olha para o pau dele..
Baixou a calça dele e um pau enorme e grosso pulou pra fora diante de mim e eu exclamei...
- Mas eu não vou aguentar isso tudo dentro da minha bocetinha papai.... Ele e muito grande...
E riu de mim dizendo..
- Vai sim amor...
E minha irmã deu início a brincadeira...
Com uma das mãos ela masturbava a piroca do papai e com a outra segurava minha cabeça e puxava lentamente de encontro a cabecinha vermelhona e latejante...
- Vai maninha, vai!!! Você não tem ideia de como e delicioso chupar um pau de verdade...
Quando meus lábios encostam a cabecinha grande da sua linda e maravilhosa rola, eu fechei os olhinhos e dei uma bitoquinha selinho involuntário na linda cabeça do seu pau...
Nesse leve toque senti ele balançar com aquele beijinho doce que dei....
- Abre bem a boca sua vagabunda, pro pau do papai entrar nessa boca sua putinha... Minha irmã deu essa ordem e eu obedeci imediatamente.....
O pau dele entrava bem lento e macio escorregando até tocar minha goela..
Eu só abri a boca para receber a vara do papai...
Quando seu pau saia da minha boca, saia como se estivesse envernizado, banhado pela minha saliva..
Uma das sensações mais deliciosas daquela chupada foi quando eu aprendi ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]