Aventura na casa de praia

Loading

Oi gente, estou aqui de novo pra contar uma aventura que aconteceu na praia durante o carnaval. Sou loira, tenho pernas grossas e bunda grande, seios médios e 1,68m de altura. Esse é o primeiro conto de duas aventuras que rolaram.

No carnaval, eu e alguma amigas viajamos para a região dos lagos aqui do RJ, passamos uma semana na casa de praia da tia de uma delas e foi só diversão. Nos primeiros dias, a praia estava vazia, mas quando o fim de semana chegou as coisas começaram a ficar movimentadas. Eu e minhas amigas iamos para a praia todo dia de manha e no fim da tarde, e sempre notamos olhares para nós. No domingo de manhã, quando estavamos sentadas, uma amiga minha me alertou sobre um rapaz que não parava de me olhar e quando olhei para ele, não me arrependi. Ele era lindo demais, devia ter cerca de 1,80 de altura, corpo definido e com algumas tatuagens, pernas grossas, cabelo curto e um sorriso que faz qualquer uma derreter. Eu me levantei e fui num bar que ficava ao lado da areia na esperança dele ir também.

Pedi um refrigerante e quando olhei para o lado, ele estava vindo e parou do meu lado, bem perto e não demorou para puxar assunto. Seu nome era Arthur, 23 anos, personal trainer, ficamos lá conversando durante um tempo, trocamos telefone e nos despedimos sem rolar nada para a minha tristeza. Depois do almoço, estava deitada no sofá da casa quando meu celular vibrou, era uma mensagem dele perguntando se eu iria fazer algo a noite e eu respondi que não, então ele me chamou para ir dar uma volta numa praça que tinha ali perto e que a noite tinha show e uns food truck. Eu aceitei e marcamos de nos encontrar as 21:00 no bar que nos conhecemos. Quando a noite chegou, eu estava usando uma camiseta preta e uma saia vinho que ia até o meio das minhas coxas e quando ele chegou, estava de bermuda jeans e uma camisa cinza e fomos andando para a praça. Lá nós comemos um hambúrguer, dançamos bem juntinhos e começamos a nos beijar. Para a minha surpresa, minhas amigas, que tinham saído mais cedo, estavam lá também todas acompanhadas. Por volta de 02:00 da madrugada, ele me levou em casa, a rua estava deserta e escura e ficamos um tempo no portão nos beijando, ele aproveitou para subir minha saia e dar umas apalpadas na minha bunda. Então, ele se aproximou do meu ouvido e sussurou que tava afim de transar comigo, e eu disse que não daria pois estava dividinho o quarto com uma amiga, então nos despedimos e ele foi pra casa.

Quando entrei, minhas pernas tremiam, minha buceta estava molhada e eu só pensava que talvez não fosse rolar nada. Tomei um longo banho antes de ir dormir e quando deitei, vi que tinha uma mensagem no meu celular, era uma foto do pau dele duro e escrito “olha como vc me deixou” e eu respondi enviando uma foto minha mordendo os lábios. No dia seguinte, acordamos cedo, apesar de dormir tarde e durante o café contamos tudo uma para as outras e descobri que quase todas foram embora mais cedo e tinham feito sexo na noite anterior, menos eu e a menina que estava dividindo quarto comigo. Fomos para a praia e Arthur estava lá, então ele veio falar comigo e fomos caminhar na areia, conversamos um pouco sobre a noite anterior e sobre a vida e depois entramos na água para um mergulho, ficamos abraçados um bom tempo

e ele disse que ainda queria transar comigo e eu disse que também tava afim. Ficamos nos beijando na água e o vai e vem das ondas me deixou bem excitada.

Fui para casa almoçar e enquanto comia, ele mandou uma mensagem falando que os amigos dele iriam sair a noite e que só iriam voltar no dia seguinte e perguntou se eu tava afim de ir pra lá, eu mais que depressa aceitei e marcamos de nos encontrar novamente as 21:00 para ele me buscar. Quando a noite chegou, vesti um vestido vermelho bem curtinho e fui encontrar com ele. Assim que ele chegou, disse que eu estava uma delícia, nos beijamos e fomos para a casa dele. Chegando lá, não perdemos tempo fomos logo nos beijando e ele sentou no sofá e eu sentei no colo dele, as mãos dele percorriam meu corpo e em menos de cinco minutos ele já estava sem camisa e eu quase sem vestido. Levantamos, ele tirou a bermuda e colocou aquela rola maravilhosa para fora, não era grande, tinha uns 15 cm mas era grosso, eu tirei o vestido e a calcinha e me atirei de boca no pau do gato, comecei a chupar ele com vontade, colocando tudo dentro da boca, lambendo, beijando e levando ele a loucura. Depois de um tempo, Arthur me mandou parar porque senão ele iria gozar e eu só parei pra dizer que isso era o que eu mais queria desde que vi a foto na noite anterior, então ele agarrou minha cabeça e me fez voltar a chupar ele, e eu fui mamando até que ele gozou forte dentro da minha boca. Levantei a cabeça, um pouco escorreu para fora e o resto eu engoli sorrindo. Depois foi a vez dele de me fazer gozar com a boca, sentei no sofá e abri bem as pernas para ele me chupar, a língua dele era bem habilidosa, ele lambia, beijava e chupava minha xota com vontade, agarrou meus peitos com uma mão enquanto penetrava minha buceta e meu cuzinho com os dedos da outra mão. Ele estava brincando com meu clitoris quando eu anunciei que ia gozar, então ele aumentou a intensidade de tudo o que ele tava fazendo, eu fechei as pernas em torno da cabeça dele e gozei.

Ficamos na sala um tempo, comemos uns aperitivos e tomamos umas cerveja, nos beijamos e quando ele estava pronta pra outra, fomos para o quarto. Fiquei de quatro na cama, ele colocou uma camisinha e enfiou o pau dele em mim. Eu senti cada centímetro entrando, Arthur começou a bombar bem devagar e foi aumentando a velocidade aos poucos, aquilo estava muito gostoso, ele metendo bem forte na minha buceta e enchendo minha bunda de tapas, eu gemia e pedia mais e mais. Depois, deitamos de lado, ele veio por trás e voltou a me comer, enquanto beijava meu pescoço, com um das mãos ele brincava com meu peito e eu levei uma mão a cabeça dele e o segurava pelo cabelo. Não demorou muito, ele anunciou que ia gozar e como eu estava quase lá também, fiz de tudo para que gozassemos juntos. Então, depois de mais um tempo, ele soltou um urro e eu um gemido alto e gozamos.

Arthur disse que ainda não estava satisfeito, ficamos na cama e ele me fodeu mais duas vezes naquela noite até que dormimos de cansados. Acordei com o sol nascendo, me arrumei e fui embora. Quando cheguei em casa, cai na cama de novo enquanto minhas amigas foram para a praia ainda cansada da transa da noite anterior.
...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]