COBERTURA DE CREME, SOBRE O SORVETE DE CHOCOLATE

Loading
COBERTURA DE CREME,  SOBRE O SORVETE DE CHOCOLATE

COBERTURA DE CREME,
SOBRE O SORVETE DE CHOCOLATE

A alma ficou solta como um pássaro, depois de certos pensamentos surgidos. Ligada a disposição de ler livros, comprar outros tantos e ver aquele sorriso, se dirigiu ao banheiro. O estilo de livros que gostava, foi quem deu início a esta disposição.
A alegria transparente fazia com que a água fria fervesse. A espuma, as partes, a bucha.
Pela janela do quarto, o vento trazia um frescor sobre a pele nua. Deixou que secasse ao meio ambiente, lembrando daquele olhar. E que olhar! Um dia, se encontraria em seus encantos.
Depois da pele seca, passou ao seu segundo banho. Desta vez, era um banho de creme (o creme), que trazia a carne sensações quase incontrolável.
Perfeito! Unhas feitas (lindas unhas), os fios do cabelo soltos, como suaves folhas ao vento e o perfume (aquele perfume). A saia longa e a blusa comprida com dois v frontais de ponta cabeça; deixando a desejar a nuança dos seios e do umbigo. O brinco, o colar, o lápis de olho, o batom, o anel, o relógio, o salto alto, o cartão de créditos e agora, só o momento a esperava.
O ônibus gentilmente lhe abrigou, enchendo-se de euforia.
Ao chegar ao seu pré-destino, o clima artificial estava frio, mas ele esquentava em sua presença ardente e passageira através de olhares.
Pessoas de idades diversas, calmas e apressadas perambulavam em todas as direções.
Ao fundo, uma música lhe fez chamar desta vez a sua atenção. Uma voz masculina no térreo caia a cantar. Ela parou, no espaço e tempo, encostou em uma parede e começou a sonhar com a visão da pessoa, que por um dos motivos, havia lhe trazido ali também.

“...Nem mesmo o céu, nem as estrelas
Nem mesmo o mar e o infinito
Não é maior que o meu amor nem mais bonito
Me desespero a procurar
Alguma forma de lhe falar
Como é grande o meu amor por você...”

Admirou-o mais um pouco, sem deixar ser vista. Por isso pegou um caminho mais longo, em direção a livraria.
Com um ar feliz, por tê-lo visto mais uma vez, cumprimentou atenciosamente todos na livraria. Seguiu para as prateleiras que lhe interessava e mergulhou seus pensamentos naquele universo.
Em suas mãos passavam livros já lidos ou não.
“Erótica universalis”. Erótico e sexual! Um livro que conta através de figuras em objetos, ou não os relacionamentos sexuais do tempo. O desenho da capa é animador!
“Afrodisíaco de A a Z”. Mostra-nos que afrodisíaco não é só comestível, mas também é visto, sentido, cheirado e imaginado. Uma revista pornô é afrodisíaca, um decote, um filme, um perfume e uma textura também são afrodisíacos. Tudo que é capaz de levar o ser a excitação é afrodisíaco. O livro faz ampliar a realidade dos afrodisíacos e desmascaram outros tantos.
“Os órgãos de Adão - Potência e fertilidade masculina”. O título deixa a desejar. Você precisa ver o índice dele! Hum! Mais quem deveria lê-lo são os homens, para ampliarem seus conhecimentos sobre seus órgãos genitais.
“Série curiosidades - Sexo”. É um livro de bolso e para lê-lo o dicionário é indispensável. Relata a vida sexual de pessoas que marcaram épocas. E nesse relatar, acaba diferenciando (esclarecendo) masoquismo, sadismo, sadomasoquismo, ninfomaníaco, zoofilia, mixoscopia, fetichismo,

restifismo e urofilia. É um pequeno grande livro.

Seis e quatro.

“A dupla chama amor e erotismo”. “A chama é a parte mais sutil do fogo e se eleva em figura piramidal. O fogo original e primordial, a sexualidade, levanta a chama vermelha do erotismo e esta, por sua vez, sustenta outra chama azul e trêmula: a do amor. Erotismo e amor; a chama dupla da vida”. Ah, deu até para sonhar! Concordo com esta fala do autor. Até que enfim parece que lerei algo que fale do amor à frente da relação sexual.
“Tudo que você precisa saber sobre sexo para nunca passar vergonha”. Com este título, se pensa uma coisa, mas não é nada do que se pensa. Para não passar vergonha é em relação aos próprios órgãos genitais, doenças sexualmente transmissíveis e um pouco sobre a história das relações sexuais e curiosidades.
“A mulher sensual”. O título não parece nada com o seu excelente conteúdo. As mulheres deveriam lê-lo. E não só uma vez, mais duas, três, quatro. Quantas vezes forem necessárias.
“Super sexo em trinta dias”. Para conhecer e ter domínio das práticas sexuais precisa-se de teoria, seguido de muita prática. E isso, não se consegue nem em um ano. Mas pelo menos, o título já é um chamativo para o seu promissor conteúdo.
“Manual do tesão e do orgasmo”. Tem um pouco de linguagem médica. Em determinado ponto esclarece a respeito de orgasmo, em outro tenta e já a frente confunde. Com ele se aprende até a discordar de algumas falas da autora. Porque na realidade prática e no bom senso, alguma, ou algumas coisas que ela diz não é possível e nem é tomado de verdade.
“O poder do sexo”. Faz uma viagem sobre o ato sexual, abordado de várias formas por escritores diversos, até mesmo por Mahatma Gandhi.
“Duzentas e três maneiras de enlouquecer um homem na cama”. Um ótimo livro! Elevam os conhecimentos na área e desperta a criatividade e ousadia como necessidade, antes, durante e depois do ato sexual. Está aí, outro livro que as mulheres deveriam ler.

Sete e cinquenta e nove.

“Sexo para principiantes - A história da relação homem/mulher da idade das cavernas à era dos motéis”. Fala sobre a história dos relacionamentos sexuais e é excelente para pesquisa sobre a sua evolução. É contado como história em quadrinhos.
“Segredos da mulher sedutora”. Dependendo de sua experiência ele pode se tornar um livro de leitura leve.
“Arte e manhas da sedução”. Bem mais leve que o anterior, mais sempre se aprende, ou aprimora alguma área. E lembrado que sedução, não tem nada haver com arte. Pra ser arte, tem que ser Dança, Música, Teatro, Circo, Visuais ou Cinema.
“Vive la diference - O conflito dos sexos”. Parece que vai mostrar os diferentes comportamentos dos sexos no seu dia a dia.
“Como aumentar sua satisfação sexual”. Parece que o amor vai entrar novamente em cena! Que bom! Só não concordo que o amor só vem a partir do relacionamento sexual.
“Os novos prazeres do sexo”. É um livro de bolso e parece ser completo, perante a relacionamentos sexuais, com os seus mais e menos gerais.
“Somente para mulheres”. Deveriam ter muito mais livros, mostrando para os homens práticas sexuais também. Por que a maioria destes é voltada somente para as mulheres? ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]