CONFIDÊNCIA NO RESERVADO

Loading
CONFIDÊNCIA   NO   RESERVADO

CONFIDÊNCIA NO RESERVADO

(01:22:18) Letícia: entra na sala...
(01:22:20) Luciano: entra na sala...
(01:22:25) Luciano reservadamente fala para Todos: gostaria muito de conhecer uma mulher casada. Será possível? Tem alguma casada aqui a fim de conversar?
(01:22:29) Letícia reservadamente fala para Luciano: por que casada, algo em especial, ou é apenas uma tara sexual?
(01:22:36) Luciano reservadamente fala para Letícia: por algumas curiosidades e desejos ocultos.
(01:22:48) Letícia reservadamente fala para Luciano: quais são os seus desejos?
(01:22:53) Luciano reservadamente fala para Letícia: pode ser mesmo uma tara gostosa!
(01:23:07) Letícia reservadamente fala para Luciano: o que a casada tem, que a solteira não tem?
(01:23:12) Luciano reservadamente fala para Letícia: a casada sabe meter mais gostoso e também é a que gosta mais de pinto.
(01:23:20) Letícia reservadamente fala para Luciano: isso não tem nada a ver! O que conta é o desejo de cada mulher, podendo ser casada, ou não. E o seu caso, não é tara e sim conveniência.
(01:23:30) Luciano reservadamente fala para Letícia: tenho muita vontade de tirar com a boca, a calcinha de uma casada e depois passar a língua.
(01:23:47) Letícia reservadamente fala para Luciano: só a língua? Ah não!
(01:23:52) Luciano reservadamente fala para Letícia: você gostaria de sentir a língua passeando por ela?
(01:24:09) Letícia reservadamente fala para Luciano: passear? Ah não! Tem é que introduzir, enfiar, morder, massagear, chupar... Esse negócio de só passar a língua é pra iniciante. E o engraçado, é que têm homens que passam a língua lá umas três vezes e dizem que é relacionamento sexual oral. Isso é totalmente cômico e ridículo!
(01:24:16) Luciano reservadamente fala para Letícia: e você gosta de pinto grande?
(01:24:21) Letícia reservadamente fala para Luciano: tem é que saber usar!
(01:24:30) Luciano reservadamente fala para Letícia: hum.
(01:24:40) Letícia reservadamente fala para Luciano: hum nada, é verdade. E tem homens achando que ter o pênis grande, é o suficiente e não precisa fazer mais nada. Enquanto que os de tamanho padrão (quinze centímetros de ereção) dão o show na cama e fora dela. E o que adianta ser grande, se machuca a mulher, ou se a vagina dela não é compatível? Como existem vários tipos de pênis, existem também vários tipos de vaginas.
(01:24:54) Luciano reservadamente fala para Letícia: você deixaria o meu pinto entrar em qual posição?
(01:25:04) Letícia reservadamente fala para Luciano: a posição se faz, de acordo com o tesão do momento e com a satisfação de ambos.
(01:25:14) Luciano reservadamente fala para Letícia: e na bundinha, você também deixaria entrar?
(01:25:20) Letícia reservadamente fala para Luciano: só se for de quatro.
(01:25:30) Luciano reservadamente fala para Letícia: você deixaria entrar de quatro?
(01:25:37) Letícia reservadamente fala para Luciano: de quatro, em pé, deitada e também com a bunda empinada.
(01:25:43) Luciano reservadamente fala para Letícia: assim entraria tudo!
(01:25:49) Letícia reservadamente fala para Luciano: aí é só gemer...
(01:25:57) Luciano reservadamente fala para Letícia: e ainda ficaria quietinha, pra ser toda comida???
(01:26:09) Letícia reservadamente fala para Luciano: como o leão devorando a leoa! O macho dominando a fêmea!
(01:26:15) Luciano reservadamente fala para Letícia: sim e por que não? E metendo sem parar...
(01:26:24) Letícia reservadamente fala para Luciano: amo um relacionamento sexual selvagem! É uma coisa animalesca! Que tal puxar meus cabelos e me dar umas palmadas na bunda?
(01:26:31) Luciano reservadamente fala para Letícia: por que não? Pelo jeito, você já aprontou muito por aí.
(01:26:41) Letícia reservadamente fala para Luciano: se eu fosse confessar ao padre, ele teria um ataque cardíaco. E você também aprontou!
(01:26:50) Luciano reservadamente fala para Letícia: acho que sim. Aprontei! Já trepei até com a mulher que passava roupa em casa. Pode me contar a tua idade?
(01:26:59) Letícia reservadamente fala para Luciano: trinta e um e você?
(01:27:09) Luciano reservadamente fala para Letícia: tenho quarenta e seis anos. Com quem você aprontava?
(01:27:14) Letícia

reservadamente fala para Luciano: que tal nos confidenciarmos? Acho que teremos muita coisa picante pra contar.
(01:27:20) Luciano reservadamente fala para Letícia: sim! E o meu desejo é confidenciarmos com sinceridade!
(01:27:28) Letícia reservadamente fala para Luciano: uma vez, tive um leve relacionamento com o padre Marcelino. Ele é sádico. Sentia prazer em morder e quanto mais eu falava que estava doendo, mais ele se excitava e mordia.
(01:27:33) Luciano reservadamente fala para Letícia: ele só mordia e não gostava de enfiar?
(01:27:47) Letícia reservadamente fala para Luciano: o pastor gostava, ele tinha a idade do meu pai. Depois desses envolvimentos, percebi que os pastores e os padres são pessoas comuns como nós. E eu achava, que eram pessoas praticamente santas. O padre celebrava missas e frequentava festas homossexuais. Isso é que é padre heim! E os católicos, acham que são melhores que os evangélicos. Não pode haver rilinhas entre religiões; pois Deus é único.
(01:28:14) Luciano reservadamente fala para Letícia: também posso te contar um segredo?
(01:28:19) Letícia reservadamente fala para Luciano: ok.
(01:28:25) Luciano reservadamente fala para Letícia: namorei por três anos uma freira.
(01:28:30) Letícia reservadamente fala para Luciano: ah safado! Você também! Estamos na profissão certa! Namorou escondido?
(01:28:35) Luciano reservadamente fala para Letícia: quase escondido.
(01:28:40) Letícia reservadamente fala para Luciano: você ia ao convento vê-la?
(01:28:45) Luciano reservadamente fala para Letícia: não! Ela havia largado o convento para se casar com um homem.
(01:28:49) Letícia reservadamente fala para Luciano: verdade?
(01:28:53) Luciano reservadamente fala para Letícia: verdade. Quantas vezes você deu pro padre?
(01:28:56) Letícia reservadamente fala para Luciano: nenhuma, porque sexualmente não sou fã de sadomasoquismo. Mas ele me deseja até hoje.
(01:29:00) Luciano reservadamente fala para Letícia: anteontem, a mesma freira ligou. E me convidou para qualquer dia desses, ir passear na sua casa.
(01:29:05) Letícia reservadamente fala para Luciano: isso quer dizer, que você fez bem feito e a freira gostou do seu pau.
(01:29:12) Luciano reservadamente fala para Letícia: e alguém sabe, que você já foi do padre e do pastor?
(01:29:19) Letícia reservadamente fala para Luciano: nada! Apenas satisfiz alguns desejos deles. O padre, até já me escreveu vários poemas, declarando o seu tesão.
(01:29:25) Luciano reservadamente fala para Letícia: a freira gostou da minha língua e de sentar no meu pinto. Isso aconteceu aqui em Goiânia.
(01:29:32) Letícia reservadamente fala para Luciano: coitada das mulheres puritanas!
(01:29:40) Luciano reservadamente fala para Letícia: quem são as mulheres puritanas?
(01:29:50) Letícia reservadamente fala para Luciano: as mulheres, que fingem não saber que estão sendo traídas.
(01:30:00) Luciano reservadamente fala para Letícia: você acha que elas estão certas, ou erradas, de terem esse tipo de comportamento?
(01:30:10) Letícia reservadamente fala para Luciano: elas não querem encarar a realidade e preferem escondê-la. Não tem amor próprio! Muitas são assim, dizem que vivem “melhor”, em meio ao seu comodismo e falta de autoestima. Ficam se enganando, com a ideologia, o mito, de que a verdade dói.
(01:30:19) Luciano reservadamente fala para Letícia: nunca havia pensado dessa forma.
(01:30:25) Letícia reservadamente fala para Luciano: e se cada mulher mandasse embora o companheiro infiel; este mesmo homem pensaria duas vezes, antes de cometer adultério com a próxima.
(01:30:37) Luciano reservadamente fala para Letícia: sou totalmente hêtero e você?
(01:30:55) Letícia reservadamente fala para Luciano: sou mulher heterossexual. Dando continuidade às confidencias, uma vez um bissexual tentou, que tentou ter relações sexuais comigo. Não fui, porque não me interessava! Ele se chama Hélio e fui ao seu encontro, em meio a uma brincadeira, através de um código, colocado num panfleto, de uma missa de uma igreja no Conjunto Fabiana. Para ele parar de insistir, sugeri uma ideia. Falei pra ele, se masturbar e ejacular dentro de um coco, aí nós, beberíamos a água juntos.
(01:31:05) Luciano reservadamente fala para Letícia: ele topou?
(01:31:09) Letícia reservadamente fala para Luciano: topou! Parou o carro e desci para comprar o coco. Quando pedi com um buraco maior, o vendedor sacou a ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]