CORNO ENSINA COMO FAZER SUA ESPOSA ACEITAR DAR!

Loading

Minha esposa é linda, aliás esposinha de marido corno geralmente é (risos) Ela é gordinha, há quem as ame e as deseje, como eu, é bem branquinha, loirinha de olhos verdes, pele macia, pernas grossas, e uma boceta ENORME, quente apertada , toda rosadinha e com pelos douradinhos. Um rostinho de bebezinha, (foto1) completa a tentação de muitos que a vêem passando pelas ruas do nosso bairro passeando com a Pit (Yorkshire) com um vestido curtinho e rebolando gostoso aquele rabão com a calcinha toda atoladinha. huuuuuuu… . Delícia de esposinha!

Hoje vou contar-lhes como aconteceu para eu fazer minha esposa aceitar a dar para outro macho na minha frente, e me fazer seu corninho manso, pois até então somente vivíamos fantasiando, e só não havíamos realizado porque Renata ainda não tinha pegado a devida confiança de que seu maridinho realmente ficaria feliz e realizado em ser seu corno. Acredito que muitos que me lêem agora, também precisão saber como iniciar suas esposinhas. O fato é que o primeiro passo é você ficar massificando, a cada transa, que sua tara é vê-la gemendo dengosinha em outra vara, Amigo, ela precisa ficar sabendo e você deve olhar nos seus olhos diretamente e dizer assim: “ Amor, acredite, minha tara é te ver de quatro, gemendo com um CARALHÃO GROSSO E VEIUDO dentro de você, socando bem forte!” Isso faz elas molharem a boceta na hora, meu prezado… . Precisa, se quer mesmo ser corno, fazê-la interagir respondendo seus questionamentos safados, tipo: “- amor, você aguentaria um caralhão bem grosso na sua bocetinha?” (risos).

Se sua esposa começar a responder, meu amigo, você já será um grande candidato a ser corninho como eu. Assim seguindo os ensinamentos do meu mestre procedi, e minha esposa passou a assumir que tem excitação por um cacete bem grosso. Incentivei-a, nas nossas relações amorosas em casa, que ela deveria experimentar dar a boceta e até mesmo o cuzinho, pois sempre havia me negado este prazer do sexo anal, acredito que é sina de corno mesmo, que já me acompanha desde sempre. Como Renata é muito fogosa e agora que se tornou putinha ficou muito mais, não tive muito custo para consegui que ela aceitasse experimentar uma veiúda no seu anelzinho virgem, fiz o que me ensinou meu mestre Dr. Lucas (Psicanalista sexual e Comedor de Esposas de

Cornos Paraense), falou-me que tudo está diretamente ligado ao cérebro, nada lhe foge a atenção e, portanto, o fato de uma esposa aceitar ser uma putinha e, de um marido querer e aceitar ser o seu corninho; de ela dar ou não dar o cuzinho, tudo isso está tudo ligado à maneira que o cérebro é estimulado para esta aceitação ou não.

Seguindo suas instruções, eu preparei uma noite romântica e deliciosa para meu amorzinho, levei-a para um jantar, depois fomos para um bom motel da cidade. Lá, disse a ela que esta noite ela teria uma surpresa bem gostosa, então falei que ela precisaria ficar vendada. Coloquei Renatinha de quatro, vendei-lhe os olhos, e disse assim: “Amor, hoje combinei com um amigo para nos visitar, ele já está em frente a garagem da nossa suíte pois pedi para ele nos seguir e entrar atrás com o carro, mas quero que você foda com ele, sem ver quem está te comendo. Neste momento simulei uma ligação de celular ordenando a subida de Carlos, nome que dei ao suposto comedor, e continuei falando: ”- quero que você empine bem a bundinha para que o meu amigo possa te chupar… .” Ela estava nervosinha e começava a transpirar, mas vi quando e quanto a sua bocetinha melou… . abri a porta e disse : “- Amigo, quero que tudo seja exatamente como combinamos ok?… . Entre chupe a boceta da minha esposa, prepare-a para ser penetrada e, sem muito papo furado, enfie a pica até seus culhões nesta boceta deliciosa veja… . Fui até Renata e puxei a calcinha para o ladinho… (Foto 2) (Vejam como estava melada a vadia) Em seguida, eu coloquei duas balas de halls preto em minha boca e por detrás enfiei a língua no cu dela… . neste momento ela gritou. “-Ahhrrrr ai, que loucura… . aiiiiii!… .” Minha esposa, instintivamente, empinou o rabo se oferecendo toda ao suposto COMEDOR pois ela não imaginava minha boca daquele jeito mentolado… . Então Peguei o PEPINO AMACIADO que meu mestre me ensinou como preparar, ( Você deve comprar um pepino bem grosso, escondido de sua esposa, amaciá-lo rolando em uma superfície dura ate ele ficar liquefeito por dentro sem romper a casca, e colocar nele uma camisinha) Ficando idêntico a uma pica ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]