DENTRO DO CARRO

Loading

DENTRO DO CARRO ,,, NAO É a primeira vez que escrevo algo to pessoal da minha vida, mas de tanto ler e me excitar com os contos que leio, achei que seria legal relatar este fato que me aconteceu. Bom… deixe-me apresentar: meu nome é JULYANE, tenho 28 anos, casada, feliz no casamento. Morena cor de jambo, corpo malhado, seios médios e bundinha arrebitada…Agora vamos ao que interessa! Como já disse, sou casada, meu marido é lindo, maravilhoso e saudável. Na cama inventa uma fantasia a cada dia, me satisfazendo cada vez mais! Só que eu sou safada, sedenta de sexo o tempo todo. Certo dia, de outubro de 2003, numa manh de segunda feira, fui ao shopping pensando em ver umas vitrines e comprar umas besteiras, coisas de mulher… Enquanto passeava, percebi que alguém atrás de mim suspirava ao me ver caminhando como, quem domina a cena, com um vestidinho daqueles leves e moderadamente curtos, mostrando as pernas morenas bronzeadas… Eu olhava pelo reflexo dos vidros, e via que ele olhava fixamente para minha bunda empinada, realçada pela marca da calcinha no vestido de tecido leve e fino… Aliás, minha bunda estava engolindo a minúscula calcinha. Pra falar a verdade, naquele dia saí de casa vestida para arrasar, queria mesmo chamar a atenço e provocar homens interessantes, até o perfume que eu escolhi era fatal, ( do Boticário). Quando percebi que estava sendo devorada por aqueles olhos, o provoquei com um andar ainda mais sensual e de vez em quando dava uma olhadinha pra trás… Parava em algumas vitrines, para me certificar de que ele realmente me acompanhava, e ele parava sempre que eu fazia isso… e eu o olhava, como se quisesse conferir se ele era o tipo de homem que eu queria atrair naquela manh… até que entrei numa loja de lingerie… Ele entrou logo atrás de mim. Ficou parado ao meu lado, enquanto eu explicava pra vendedora, o que eu procurava. A vendedora perguntou se estávamos juntos, ele respondeu que no, mas me olhou com um suave sorriso nos lábios… Comecei a ficar ansiosa, imaginava que a qualquer momento ele me diria alguma coisa… Fiz meu pedido e quando a vendedora saiu para buscar as peças, ele puxou assunto… Pediu que eu o ajudasse a escolher um presente, uma langerie. Eu sugeri um conjunto, ele aceitou. Quando perguntei se ele sabia o tamanho, ele me olhou de cima a baixo e respondeu: – é o seu tamanho! Sorrimos. A vendedora trouxe as peças que eu havia pedido e eu atentava aos detalhes de cada uma delas: pequenas, fio-dental, transparentes… Ele pediu U vendedora algumas peças também. E retomamos a conversa… Eu estava sem suti, os bicos do meu peito quase furavam o tecido do vestido; e ele enlouquecido, já demonstrava seu teso… A vendedora trouxe o pedido dele e eu dei algumas dicas, como ele havia pedido. Sugeri trs: uma branca, uma vermelha e uma preta, ambas micro, fio-dental e transparente na frente. Ele, muito ousado, pediu que eu as experimentasse e lhe dissesse como ficaram, pois no queria errar na escolha. Eu expliquei pra ele que roupas íntimas no podem ser experimentadas, a menos que sejam compradas. Ele pediu ento que eu experimentasse a branca, pois me daria de presente caso eu gostasse. Sorri e disse que

no poderia aceitar, que no fazia sentido aquilo, mas ele insistiu. Bem… Sou autorizada pelo meu marido a flertar e transar , se der, com qualquer um, desde que eu lhe conte tudo depois. Ento peguei a calcinha e fui em direço ao provador, que fica ao fundo da loja. Sentindo a intenço dele e já excitada com a situaço, perguntei se ele no viria comigo, pois eu no poderia falar de lá pra ele como ficou… rsrs…. Ele foi e ficou parado na porta do provador. Vesti e antes mesmo de tirá-la disse a ele que a branca havia ficado ótima; ele agradeceu, mas disse que gostaria de ver… Eu fiz um charme, mas concordei, desde que fosse por cima do vestido. Fiquei de costas, a bunda empinada, o vestido claro meio transparente deixava a calcinha quase a mostra, enterrada na minha bunda. A posiço era muito sensual. E eu fazia de propósito: de costas, empinada, quase na ponta dos pés, apoiada na parede, o rosto virado pra ele com cara de safadinha… cara de putinha. Ele reparava em cada detalhe… Ento disse: -É, parece que ficou ótima mesmo, feita pra vc… Voc poderia experimentar a preta? Respondi: -Olha lá, essa história de modelo vai sair caro … E ele: -O que voc quiser! ..rsrs Só tinha uma vendedora na loja, que estava bastante movimentada, ento ele mesmo foi até o balco para pegar a calcinha preta enquanto eu tirava a branca… Ao voltar, abriu a cortina sem avisar, pegou-me com a calcinha branca na mo… Sorri maliciosamente e peguei a peça de sua mo, conferindo-o de cima U baixo… Percebi que ele estava bastante excitado… Ele mesmo fechou a cortina do provador, mas percebi que deixou uma frestinha… No me importei, aproveitei para rebolar e me exibir ainda mais, sabendo que ele observava… Pedi que abrisse a cortina para ver (por baixo do vestido)… Como era preta, no dava pra ver to bem como a branca… Ento ele exclamou: – No dá pra ver direito. Será que vc poderia levantar o vestido? Só um pouquinho… De frente pra ele, dei um sorrisinho safado e comecei a levantar o vestido, devagarzinho… A calcinha desenhava minha bocetinha depilada, e realçava as marcas de biquíni. Olhei pra ele, que lambia os lábios, passando a mo no pau, mas por cima da calça. Pediu que eu o deixasse ver atrás, mais uma vez sorri, deixei o vestido cair e fiz a mesma coisa, só que dessa vez de costas pra ele… fui levantando o vestido deixando-o ver minhas pernas, a bunda… Ele no resistiu, entrou no provador, chegou bem pertinho, quase me encoxando e falou no meu ouvido: – Está deliciosa. Voc é deliciosa! Qualquer coisa fica bem em voc! Empinei ainda mais a bunda e rocei no pau dele, senti-o duro… Ele me encoxou de vez e esfregou-se em mim, enquanto eu suspirava com as mos apoiadas na parede e rebolava gostoso… Nunca imaginei fazer isso um dia! Sentia-me uma verdadeira puta, me esfregando num desconhecido… Ele começou a beijar meu ouvido, me chamando de gostosa, de minha putinha. Afastou-se um pouco e abriu o zíper da calça, liberando seu pau e roçando em mim, pele com pele, o pau entrando no meio da minha bunda… roçando a cabeça na entrada da ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]