DESCABAÇANDO MINHA VIZINHA

Loading

Oi pessoal, meu nome é Benhur, protelei, protelei em relatar o meu conto e depois ler vários aqui que muitos são bons, resolvi escrevê-los e esperam que vocês apreciem. Bom esse relato aconteceu há uns dois atrás. Moro com minha mãe, meu pai e dois irmãos e uma irmã; sendo eu o mais velho. Bom me descrevendo; sou branco, tenho 1,90cm e cerca de 90 kg, pratico musculação, tenho um corpo digamos que sarado tenho 21 anos e fui privilegiado pela natureza com meu instrumento, digamos o meu pinto que tem 26 cm e de diâmetro tem7 cm. Gosto muito sexo e toda sua plenitude com suas mais variadas formas e pessoas, uma mente super aberta pro que der e vier. A história que vou narrar aconteceu de uma forma muito inusitada porque foi com uma vizinha, porque até então não transei com nenhuma menina novinha e ou adolescente, visto porque meu mastro não permitiria se alojar numa xaninha pequena. Então como estava falando, mudou recentemente uma família ao lado da minha casa, era um casal com 3 filhos 1 guri e 2 meninas, toda bem apessoado, bonitos. A que me chamava mais a minha atenção era a mais nova que estava entrando na adolescência. Não dei muita trela, ficando sempre minha. Minha mãe fez amizade com eles rápido e aos pouco foi ficando bem próximo e as visitas eram bem constante e as meninas mais ainda porque ficaram bem mais intima da minha irmã. Sempre quando estávamos na sala assistindo TV e elas também estava, notava que a Débora me olhava sempre, não dei vazão naquilo… e o tempo foi passando. Um dia o pessoal saiu pra ir ao shopping e me chamaram e fui, foi muito legal. Pude conhecer melhor a

Débora e seus irmãos, mas me concentrei mais em Débora e pude notar como ela era, dona de um corpo bonito elegante e muito bonita…tinha uns peitinhos pequeninos… mas fiquei na minha e ela toda empolgada me perguntava se tinha namorada, disse que tinha terminado recentemente e que estava a procura de uma, e ela mais que apressada insinuou que estava a procura também, mas não dei trela pra ela não…lanchamos e voltamos cada um pra sua casa. No outro dia de manhã Débora veio até em casa falar com minha irmã, e ambas estavam no quarto da minha irmã e ouvi as duas conversando:

Débora: – É verdade que seu irmão não tem namorada?

Priscila: Sim é verdade, ele terminou alguns dias atrás.

Débora: Gostaria tanto de namorar com ele.

Priscila: Você é doida.. você é novinha pra ele!

Débora: Não tem problema, mas ele é tão bonito, tem um corpo bonito, se ele quisesse bem que namoraria com ele.

Aquele papo me instigou, fiquei super a fim de envolver com essa menina. Então comecei a investir na amizade, e comecei notar mais Débora com outros olhos, os peitinhos, as coxas , ela tinha uma boca redondinha e gostosa. Mas não tinha como me aproximar dela, porque tinha gente por perto, e nunca coincidia de ficarmos a sós. Mas um dia eis que tudo acontece; minha mãe e meu pai foram ao supermercado e o pessoal resolveu ir também, mas eu não tava afim de ir e nisso apareceu a Débora e logo minha irmã chamou ela pra ir também, e ela vendo que eu não ia logo recusou e disse que não podia ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]