DESEJO REPRIMIDO

Loading

Tenho um primo que tem a mesma idade que a minha, sendo ele mais velho que eu apenas 15 dias. Hoje estamos com 45 anos, bem casados e pais de filhos.

O que vou contar começou quando ainda éramos muito crianças, por volta dos 8 ou 9 anos. Morávamos em cidades diferentes. Nos víamos apenas em alguns finais de semana, feriados prolongados e nas férias escolares. Tanto o apartamento em que eu morava e a casa que ele morava eram pequenas, mal dava pra acomodar nossas famílias de forma apertada quando nos reuníamos. Até ai tudo bem.

Quando nossas famílias se reuniam, ficavam todos juntos sempre por volta de 3 dias, era a sexta a noite, o sábado todo e o domingo até por volta das 5 da tarde, quando todos começavam a partir para suas respectivas casas.

Quando estávamos todos reunidos, eu e meu primo parecíamos irmãos, só andávamos juntos, brincávamos juntos (exceto futebol porque sempre detestei), tomávamos banho juntos e até dormíamos juntos na mesma cama por falta de lugar para acomodar todo mundo.

Não sei quando e nem como tudo começou, mas o fato é que a medida que fomos crescendo, começamos a nos bolinar de noite na cama. Um segurando o pau do outro, aquelas coisas de criança, e sempre que a família se reunia, rolava nossas brincadeiras, e não sei dizer, mas eu só fazia isso com ele.

Só que o tempo foi passando e começamos a crescer também, e com isso a nossa brincadeira de ficar segurando o pau um do outro foi mudando, e já com uns 13 anos, começávamos e sentir um certo prazer com as bolinadas. Começamos então um a punhetar de leve o pau do outro, era muito gostoso. Não sei como e também nem quando, mas enquanto alisava seu pau, minha bunda começou a recebeu a visita das mãos dele, que começou a alisá-la enquanto eu ficava brincando com sua piroca que já ficava bem dura. Alisava o pau todo, a cabecinha (que na época já dava pra ver que era bem grande e grossa) e ficava punhetando ele de leve. Ele então começou a brincar mais com o dedo no meu botãozinho, tinha hora que forçava e enfiava a

ponta do dedo dentro de mim e ficava rodando o dedo. Como eu não reclamava e deixava ele brincar, pois estava gostando, ele enfiava mais o dedo até colocar pelo menos até a metade dentro de mim e então iniciava um vai e vem gostoso com aquele dedo dentro do meu cuzinho. Quando eu chupava seu pau, coisa que ele gostava muito e eu também, ele ligava a televisão, se acomodava na cama como queria, mandava me posicionar deitado de lado com a cabeça apoiada em sua barriga, como se fosse um travesseiro para me descansar a cabeça, e dava-me seu pau para que eu mamasse o tempo que quisesse, deixando-me com a bunda totalmente livre para que ele pudesse me dedilhar e brincar com meu botãozinho. Nunca tentei penetrá-lo muito pelo contrário, queria eu sempre ser o passivo, bastava ele pedir que queria que eu logo me preparava para recebe-lo dentro de mim. Sempre quis satisfazer suas vontades e a fazia com prazer, sem reclamar, fazia porque gostava de fazer com ele. Por isso que disse que só dava pra ele, nunca dei pra outro e nunca quis, tudo era só com ele, não sei porque.

Numa noite, talvez no máximo uns dois dias depois que começou a me alisar pela primeira vez, ele ficou brincando comigo, alisando minha bunda e dedilhando meu anelzinho, com certeza estava me preparando para o que viria depois. Então, após me alisar e me dar umas dedadas, ele parou e mandou que eu me virasse, obedeci e assim que fiquei de lado ele baixou meu short, com uma mão puxou para o lado uma de minhas nádegas e colocou seu pau na entradinha do meu cuzinho ainda virgem. Começou então a forçar a entrada de leve, como comecei a sentir dor, e falar que estava doendo, ele parou e ficou só na brincadeirinha, ficou me acostumando e me acalmando.

Na noite seguinte ele começou de novo com as brincadeirinhas onde havia parado na noite anterior. Ficou brincando e estava até muito gostoso, ele então evolveu minha cintura com seus braços e ficou brincando, com seu pré-gozo, melou todo meu rego e cuzinho, seu pau deslizava livre, lubrificado meu rego e meu cuzinho, era uma delícia, eu gemia sentindo o prazer daquela pica deslizando ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]