Era empregada hoje sou escrava

Loading

Fui trabalhar na casa de um homem que morava sozinho por isso me contratou para trabalhar em sua casa de segunda a sexta como eu morava longe do serviço ele me disse que eu poderia passar a dormir no quarto de empregada. Depois de duas semanas no emprego percebi algo de estranho no patrão em um certo dia ele se levantou e eu estava terminanado de preperar o café ele me disse que eu estava atrasada mas era só um pretexto pra ele esbravejar comigo.

Ele saiu para trabalhar e me disse pra cuidar melhor da casa pois ele não estava muito satisfeito com meu serviço pensei em ir embora mas como eu precisava acabei ficando. Nesse dia ele veio almoçar em casa sem avisar e é claro que eu não tinha preparado nada. Foi mais um motivo para a bronca e ele foi muito grosseiro disse que eu era incopetente que não prestavas pra nada. Fui para meu quarto e chorei muito, depois de alguns minutos ele entrou no meu quarto e trazia uma mala com ele que eu nunca tinha visto.

Então ele abriu aquela mala e de lá tirou um par de algemas e chicote me disse que pela minha falta de educação eu ia ter que ser castigada, ele me amordaçou, algemou de bruços na cama e passou a me bater se dó depois de muitas chicotadas me deixou

ali e saiu disse que iria voltar para a empresa e que mais tarde conversaria comigo.

À noite quando ele voltou foi direto ao meu quarto e disse que dali pra frente eu teria que obedecer as suas ordens ou seria castigada cada vez mais, me disse que me soltaria e que se eu desse um só pio me amordaçaria e algemaria novamente, como estava com muito medo obedeci. Ele me soltou e tirou a mordaça e me mandou preparar o jantar obedeci sem reclamar, depois de jantar ele me mandou limpar a cozinha e ir atá a sala que ele queria falar comigo, fiz o que ele me mandou e fui, chegando na sala ele me disse que seria a hora da sobremesa e que essa seria eu tentei argumentar implorando a ele que me deixasse em paz e que eu queria ir embora da casa dele e que ele nem, precisaria me pagar mal tive tempo de terminar e levei um tapa no rosto que fez cair no chão, e le me disse que eu não seria mais sua empregada e sim sua escrava.

Ele então me puxou pelos cabelos me colando em pé me fez tirar a roupa ficando completamente nua tentei me tampar com as mãos mas outro tapa levei ele me segurou pelos cabelos me mandando tirar as mãos da frente do meu corpo e que eu ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]