Eu e você acordando

Loading

Domingo de manhã. A gente acorda cedo, sem querer, talvez o hábito de trabalhador. Mas pelo menos agora estamos juntos na cama e sem pressa de levantar, sem a pressão de um despertador chato. Ligo a rádio, JB FM, ficamos curtindo a manhã de preguiça. Na verdade éja estou com o tesão, mas você parece estar ainda transitando entre o sono e o despertar. Me pede pra coçar suas costas. Pergunto se em cima ou embaixo, você pede ao longo de toda a coluna. Começo a coçar, mas logo invento que se tirar sua camisa é melhor. Vou tirando ela e você apenas se deixa levar pelo movimento. Diz que está com frio e jogo o edredom por cima da gentr. Vou coçando suave e você me entende, se vira e oferece sua boca em um beijo. Um beijo ainda lento, só curtindo. Mas aí já não dá pra ficar só coçando né. Melhor ficar alisando sua coxa, sua barriga. Descer da sua barriga e ir contornando todo o cós da sua calcinha. Voce está arrepiada… Porque estou beijando suas costas? Posso continuar pelo pescoço, ombro…

Descendo a mão por trás da calcinha, passando a mão de leve na sua bunda. Te puxando pela cintura pra ficar bem colada em mim. Você mexe um pouco a bunda pra se ajeitar… Eu mexo junto com você. Posso tirar meu short? Tá meio apertado.



E vou apertando sua coxa. Mordendo um pouco seu pescoço… Apertando mais forte

Eu vou descendo a mão pela sua bunda e tirando sua calcinha Passo a mão pra frente e subo pela sua barriga, umbigo…

Passo o dedo pela parte de baixo dos seus peitos… Respirando forte no seu ouvido, falando que tá gostoso… Pedindo pra vc dar mais uma reboladinha em mim. Com o dedo já vou passando pro bico do seu peito, até passar a mão, segurando seu peito e trazendo você mais junto ainda de mim, mexendo junto pra você rebolar mais. Levanto um pouco sua perna e me esfrego… Sinto vc molhada, você me sente duro. Desço a mão dos seus peitos, passo pela sua barriga, sinto seus pêlos e com os dedos vou te deixando mais molhada ainda. Chupo meus dedos, sinto seu gosto na minha boca, deixo meus dedos bem molhados e desço de novo, vou esfregando de leve, te sentido quente, molhada, rebolando sua bunda em mim,pedindo mais. Te seguro pelo quadril e vou mexendo, ritmado. Olho pra sua bunda mexendo, meu pau duro deslizando pela sua bunda… E pela frente enfio um dedo, tiro devagar… No ritmo da sua bunda esfregando em mim. A cada empurrada que você da no meu pau, meu dedo sai um pouco, você volta pra frente e meu dedo entra. Enquanto isso você vem com a mão ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]