Loading

Festa Privada

753
0 (0)
pau-car
Grupal

A bela tinha Prometido a Paula (Paula e Artur) que quando fosse-mos a uma festa privada os convidava (conto anterior swuing surpresa).

Estávamos a jantar com um casal swuinguer nosso amigo (Jorge e Vera), numa sexta á noite, quando veio á conversa, o fim de semana com o Artur e a Paula.

A Bela disse-lhes que tinha prometido á Paula e ao Artur que os levaria como nossos convidados, quando houvesse uma festa.

A Vera que era uma mulher de muito alimento (piça), perguntou á Bela se não queria-mos fazer uma festa já no dia a seguir. Que convidaria mais um ou dois casais e dois singles.

Começamos todos a falar e eles disseram que tinham conhecido um casal que também estava interessado em ir, que eles eram inexperientes, nunca tinha feito uma troca nem mesmo um trio.

O Jorge disse-me logo que eles muito porreiros. Que ela era de famílias muito ricas, muito sexy e se tinha casado com ele mesmo por amor, pois ele alem de ser pobre não era muito bonito.

Combinamos tudo, lugar (motel dunas em Ovar pois tem quartos com jacuzi e piscina e deixa entrar quantas pessoas quiserem para o mesmo quarto). Outro casal (Pedro e Carina) casal que já conhecíamos , e por fim mais 2 singles (um deles já nosso conhecido).

Telefonei ao Artur a perguntar se queriam ir, e que podiam vir no meu carro, pois não era a 1ª vez que nós lá ia.mos.

O Artur respondeu que sim.

Tudo ficou combinado para o dia seguinte. Mas nesse mesmo dia (sexta) fomos ao clube Intimidades no Porto (clube swuinguer).

Sábado ás 11 horas da noite fui buscar o Artur e a Paula.

O Artur vinha vestido muito formal, como se viesse do trabalho.

A Paula vinha vestida com um casaco comprido. Não dava para ver nada por baixo. Quando chegaram á nossa beira olharam para os lados e o Artur cumprimentou-me com um aperto de mão, mas a Paula deu um selinho na boca da Bela e ouro a mim. A Bela para não ficar atrás fez o mesmo ao Artur.



Chegamos ao Motel e tinha-mos combinado que esperávamos todos cá fora uns pelos outros. Cá fora estava já um carro e vi que eram 2 homens. Um deles eu já conhecia e vi logo que eram os singles. Fui ter com eles. O Conhecido era um mulato de nome Ninito e o outro foi-me apresentado pelo Ninito como sendo o Dito (outro mulato) amigo dele e que era de confiança.

Quando estava a falar com eles, recebi uma chamada do Pedro a dizer que tinha a filha deles tinha adoecido e que não podiam ir, ele desfez-se em mil desculpas. Eu disse que não havia problema que haveria uma próxima vez.

Chegaram o Jorge e a Vera acompanhados pelo outro casal inexperiente.

O Jorge veio falar comigo que para não irem 3 carros lá para dentro eu levava o Dito e eles o Ninito.

Assim foi.

Quando chegamos ao quarto fomos-nos todos apresentando uns aos outros. Foi quando descobri o nome do outro casal (Maria José e Carlos).

Ri-me quando estava a cumprimentar o Carlos porque a Bela ao ser apresentada á Maria José (Zé) cumprimentou-a com um beijo de lingua na boca e a Zé estava com cara de espanto.

Tratei de dizer aos 2 singles que tanto o Artur e a Paula como o Carlos e a Zé eram inexperientes, mas mais o Carlos e a Zé.

O Quarto era enorme.

Eu o Jorge e os 2 singles ficamos logo nus. O Artur tirou logo a roupa assim que nos viu sendo seguido pelo Carlos.

A Bela e a Vera puseram-se logo nuas também, mas a Paula e a Zé estavam com vergonha.

A Bela disse a nós homens para ir-mos até ao jardim que existia da parte de fora.

Quando entramos já estavam todas nuas.

A Bela estava aos beijos com a Zé e acariciava com uma mão a cona dela. A Vera fazia o mesmo com a Paula.

O Carlos estava de boca aberta e confessou que era a 1ª vez que via a mulher aos beijos com outra.
...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]