Fim de semana em casa com Papai

Loading

Oi gente, quero agradecer a todos pelo carinho e tbm pelos emails, muito obrigada pelos votos tbm de coração isso demonstra q vcs estão gostando.

No conto passado contei da vez em que eu e meu pai, ficamos em casa onde contei varias coisas a ele, tbm contei a vcs o q vi minha mãe chupando o pau do meu namorado. E agora vou contar mais um flagrante.

A semana passou muito rápida, e eu quase não via meu pai em casa, minha mãe estava muito tranqüila nem parecia q tinha aprontado, era um sábado por volta das 2 da tarde liguei para o Jê para podermos sair, ele disse q não dava que ia fazer um favor ao pai dele, o dia estava muito bonito e resolvi sair indo até a casa da Pri, onde colocamos nossas conversar em dia.

Ao voltar para casa por volta das 5 da tarde percebi aquele mesmo silencio do sábado passado, e pensei comigo será q esta acontecendo de novo, e quando passo pelo corredor não da outra, eles estão novamente se chupando, dessa vez minha mãe e meu namorado estavam fazendo um 69 nem dava pra ver o rosto do Jê q estava escondido no bundão de minha mãe, logo depois minha mãe pede para o Jê comer ela, nem acreditava naquilo, minha mãe traindo meu pai com meu namorado, fiquei ali vendo aquela cena e tbm ficando muito excitada, pensando em entrar em casa e da um flagrante neles, e fiquei vendo aquela cena onde minha mãe começa a sentar em cima do pau do meu namorado e fica cavalgando e gemendo pra ele, fiquei ali assistindo tudo e tbm massageando minha xana q estava ficando molhada, pensei em entrar em casa para ver a reação deles, e quando minha mãe pediu para o Jê comer ela de 4, não pensei duas vezes e fui em direção a porta q estava aberta, entrei na sala e disse, MAS O QUE É ISSO, minha mãe ainda de 4 com cara de assustada e o Jê atrás dela segurando no bumbum de minha mãe, ficam apavorados, e minha mãe diz, FILHA NÃO É NADA DISSE Q ESTA PENSANDO, eu digo COMO NÃO MAMÃE VC ESTA DE 4 PRO MEU NAMORADO TREPANDO COM ELE, minha mãe assustada se levanta e vem em minha direção dizendo, DESCULPA FILHA A CULPA FOI TODA MINHA EU INSISTI NISSO TUDO, olhei para minha mãe com um cara de raiva e disse, VC É MUITO SAFADA MAMÃE DESDE DE AQUELE DIA NA PRAIA FICAVA FALANDO DO PAU DO JE, ela ainda calada tentando dizer algo e escutando eu dar um sermão nela, olhei para o Jê tbm e disse, E VC SEU CACHORRO COMENDA A MINHA MÃE, e Jê ainda tonto tentando dizer alguma coisa q acaba ficando calado escuta minha mãe dizer, ELE NÃO TEM CULPA FILHA EU Q QUIS, MAS POR FAVOR NÃO CONTE AO SEU PAI, olhei para minha mãe nessa hora com muita raiva dizendo a ela, CONTAR MAMÃE, VCS ESTÃO TRANSANDO AQUI NA SALA E NEM DÃO O LUXO DE TRANCAR A PORTA VCS DERAM SORTE Q FLAGROU VCS FUI, PODERIA SER MEU PAI OU MEU IRMÃO, e disse a eles com muita raiva mas porem muito excitada e ainda mais quando minha mãe disse, AH FILHA EU NÃO RESISTI O PAU DO SEU NAMORADO Q É MUITO GOSTOSO E SEMPRE DISSE A VC Q TINHA SORTE DE TER UM PAU DESSE, eu olhava para minha mas não conseguia sentir ódio dela e nem do Jê, e sim me sentia excitada com vontade de ver os dois transando, olhava pra eles via o tesão na cara deles querendo continuar a transa, q se não fosse naquele dia seria em outro, e então olhei para minha mãe e disse, POXA MAMÃE MAS AQUI NA SALA, VCS ESTÃO DOIDOS E SE REALMENTE O PAPAI PEGA VCS JÁ PENSARAM NO Q IA DAR, dando uma bronca neles, minha mãe me olha e já com um sorriso no rosto diz, AH FILHA ME DESCULPE MAS O MEU TESÃO DISSE MAIS ALTO E QUERIA DAR PRA ELE AQUI MESMO, olhei pra ela e disse, SUA SAFADA, VÃO LA NO MEU QUARTO E DO MEU IRMÃO E TERMINAM ISSO LÁ, nisso olho para eles q com um sorriso no rosto um olha para o outro e minha mãe diz, POSSO ENTÃO FILHA EXPERIMENTAR O PAU DO SEU NAMORADO, olhei para ela dei um sorriso dizendo, VAI LA MAMÃE Q VOU TRANCAR A PORTA E VOU VER VCS TRANSAREM POSSO, minha mãe olha pra mim com sorriso no rosto dizendo, CLARO FILHA PODE VER SIM, meu namorado me da um sorriso dizendo q me recompensaria depois.

Eles foram em direção ao quarto e fui fechando a casa chegando ao quarto já vejo minha mãe de 4 dando para o jê q vai comendo ela na cama do meu irmão, entrei no quarto e me sentei na minha cama q ficava alisando minha xana vendo os dois transando, meu namorado comendo minha mãe q gemia bem forte, AHHHHH ISSO VEM JE COME SUA SOGRINHA, VEM ENFIA ESSE PAU GOSTOSO TODO NA MINHA BUCETA, e o Jê atrás dela comendo ela sem parar enfiando cada vez mais o pau dele na xaninha da minha mãe, eu tirei a minha calcinha levantei a minha saia e fiquei me alisando na minha cama vendo eles se comerem q o Jê talvez muito excitado disse q ia gozar e ouvi algo surpreendente de minha mãe, VEM JE GOZA GOSTOSO NA MINHA BOQUINHA ADORO SEU LEITINHO QUENTE E GOSTOSO, minha mãe vai se levantando e ficando de joelhos no chão enquanto o Jê se prepara para gozar na boca da minha mãe, q logo quando minha mãe coloca a boca no pau dele o Jê começa gozar na boca dela melando o rosto todo dela e tbm a sua boca q diz, AHH Q DELICIA DE LEITINHO, depois de um tempinho minha mãe segurando o pau do jê e punhetando o pau dele olha pra mim dizendo, OLHA FILHA COMO O PAU DELE ME DEIXOU TODA MELADINHA, olhei para minha mãe dizendo, É MAMÃE ESTOU VENDO ELE SO GOZA ASSIM COM VC, POIS COMIGO ELE GOZA BEM POUQUINHO, e rimos juntos, minha mãe se levanta e vem dizendo, POSSO TOMAR BANHO COM ELE, eu olho para os dois afirmando q sim, e eles saem do quarto.

Depois q eles saíram do banho ficamos conversando e comentado sobre o que tinha acontecido e rimos muito com tudo aquilo. A noite foi chegando e o tempo se passando e todos já estavam em casa depois de um tempo o Jê foi embora.

Quando foi umas 11 da noite eu estava na sala de calcinha e de blusinha sentada no sofá menor meu pai e minha mãe estavam sentados no outro sofá q fica de frente para o meu, e eu estava de pernas cruzadas toda hora via meu pai olhar para as minhas pernas, ele estava apenas de cueca e minha mãe de

shorts e camiseta, nisso eu ficava toda hora cruzando e descruzando as minhas pernas meu pai me olhava, e quando olhava pra ele dava uns sorrisinho bem malicioso, minha mãe q assistia a TV nem se ligava na gente, logo percebi o pau do meu pau já duro q tirando o braço de cima do pau dele me mostrava, eu ainda continuava a me exibir passando minhas mãos sobre minhas pernas e tbm na minha xana q já estava toda molhada. Ficamos ali assim um bom tempo e quando antes do filme acabar minha mãe saiu da sala dizendo q ia dormir chamando pelo meu pai, meu pai disse a ela q ia ficar até o fim do filme, e quando escutamos a porta do quarto se fechar, começamos a rir um ao outro e meu pai dizendo, VC É FOGO HEIN FILHA QUASE SUA MAE PERCEBE, olhei para o meu pai dizendo, AH Q NADA PAPAI, MAMÃE NÃO IA PERCEBER NADA EM MIM, MAS EM VC SIM, ri pra ele olhando para o pau dele q estava duro na cueca e escutei ele dizer, VC TBM FICA COM ESSAS CALCINHA AI MOSTRANDO TUDO, olhei para o meu rindo e disse, AH PAPAI ESSA AQUI NEM É MUITO PEQUENA, me levantei mostrando ao meu pai q aquela calcinha era bem maior cobrindo boa parte do meu bumbum e tbm de minha xana. Meu pai se levanta dizendo q ia sentar ao meu lado e disse, ESSA É BEM MAIOR DO QUE A OUTRA HEIN FILHA, olhei pro meu pai dizendo, É VERDADE PAPAI COLOQUEI ESSA POI TEMOS VISITA EM CASA ALIAS NEM ERA PRA VC ESTA ASSIM SÓ DE CUECA NÉ PAPAI, meu pai deu um sorriso pra mim dizendo quem estava em casa, e então disse q meu irmão estava com a namorada no quarto. Ficamos ali ate o fim do filme e então me pai me diz, VOU DORMI FILHA PAPAI ESTA CANSADO, VC NÃO VAI DORMI, e eu respondo, NÃO PAPAI VOU FICAR UM POUCO AQUI, POIS O VA DEVE ESTAR TRANSANDO COM A NAMORADA DELE, meu pai com um sorriso no rosto diz, ESSE SEU IRMÃO É BEM SAFADINHO TBM HEIN, olhei para ele sorrindo e ouvi ele dizer, MAS COMO VC SABE FILHA, e eu respondi a ele, AH PAPAI NÓS TEMOS UM CODIGO QUE QUANDO UM SAI PARA IR AO BANHEIRO É Q JÁ ESTA LIVRE, meu pai riu com o que eu disse dizendo, VCS DOIS SÃO FOGO MESMO HEIN, eu ri pra ele e disse q ia até a porta ouvir alguma coisa, e sai do sofá indo até a porta e escuto a Julia gemendo, volto até a sala com um sorriso no rosto e digo ao meu pai, É PAPAI ELES ESTÃO TRANSANDO DA PRA OUVIR A JULIA GEMER, meu pai riu dizendo q eu estava inventando e então disse para irmos escutar, peguei na mão do meu pai e fomos bem quietinhos até a porta do quarto chegando a porta fiquei na frente do meu pai e abri a porta bem devagar escutando a namorada do meu irmão gemer e vimos ela cavalgando no meu irmão, meu pai para ver a cena tbm se encosta em mim, e fica me encochando enquanto vemos a namorada do meu irmão dando pra ele, sinto o pau do meu pai q estava meio mole encostar no meu bumbum e com cada gemido da Julia o pau do meu pai vai ficando duro encostando no meu bumbum, dou uma olhada pro meu pai ele me olha com um sorriso no rosto eu encosto a porta e saímos de la em direção a sala, e na sala nós rimos e meu pai diz, CARAMBA FILHA VC VIU, SEU IRMÃO ESTAVA MANDANDO VE HEIN, eu ri com o comentário dele dizendo, É VERDADE PAPAI ELE ESTAVA MESMO, rimos mais um pouco e escuto meu pai dizer, ELA PARECE TER UM BUNDÃO BEM GOSTOSO HEIN, olhei para o meu pai com cara de sacana e disse, HA SEU SAFADINHO FICOU OLHANDO PARA O BUNDÃO DELA ENTÃO, POR ISSO Q SENTI ALGUMA COISA CRECENDO ATRAS DE MIM NÉ, meu pai deu um sorrisinho pra mim dizendo, QUE NADA FILHA SEU BUMBUM É MAIS GOSTOSO DO QUE O DELA FOI POR ISSO Q MEU BRINQUEDINHO COMEÇOU A CRESCER, eu ri para meu pai olhei para ou pau dele dizendo, SEI VIU PAPAI, ESSA CABEÇONA ESTA QUASE SAINDO PRA FORA POR CAUSA DO BUMBUM DA JULIA, meu pai olha para o pau dele q abaixa um pouco a cueca mostrando só a cabeça do pau dele e diz, QUE NADA FILHA ELA ESTA ASSIM POR CASA DE SEU BUMBUM LINDO E GOSTOSINHO, olhei para o meu pai e olhei para o pau dele de novo e disse, AI PAPAI SUA CABEÇONA FICOU ASSIM POR CAUSA DO MEU BUMBUM, meu pai me olhou de cima abaixo olhou para o pau dele e disse É SIM FILHA, olhei para o meu pai com sorriso malicioso e com minha mão direita peguei na cabeça do pau do meu pai dizendo, AH QUE BONITINHO A CABEÇONA DO BRINQUEDINHO DE PAPAI ASSIM GRANDONA POR CAUSA DO MEU BUMBUMZINHO, meu pai olhou pra mim e apenas rindo ficou olhando eu passando a mão na cabeça do pau dele escutando eu dizer, ESSA CABEÇONA VERMELHONA ASSIM POR MINHA CAUSA, olhei para ele novamente rindo e ele sorrindo tbm me escuta, AH PAPAI SÓ A MAMÃE MESMO PRA NÃO GOSTAR DESSE BRINQUEDINHO, POIS EU ACHO ELE MUITO BONITINHO E GOSTOSINHO DE PEGAR, e fico passando os dedos na cabeça do pau do meu pai, onde ele ri pra mim dizendo, É FILHA SÓ VC MESMO VIU, nisso escutamos a porta do quarto abrir e com minha mão vou puxando a cueca do meu pai pra cima colocando a cabeça do pau dele dentro da cueca, meu pai apenas sorrir para mim e vimos a Julia passar pela sala em direção ao banheiro usando apenas uma camiseta e digo ao meu pai, SE VIU PAPAI ELA ESTAVA PELADINHA DEBAIXO DAQUELA CAMISETA, meu pai riu dizendo, É MESMO HEIN FILHA DEVE ESTAR CANSADA DE TANTO Q PULOU NO SEU IRMÃO, e rimos com o comentário dele q não demorou muito e a Julia voltou do banheiro e percebemos atrás da camiseta na altura do bumbum dela uma mancha que devia ser a porra do meu irmão, eu e meu pai rimos, então disse a ele q o quarto já estava livre pra mim ir dormir. Despedi-me de meu pai e fui ao meu quarto. No outro dia acordo bem tarde, e não vejo nem a Julia e nem meu irmão no quarto, sai do quarto fui ao banheiro me lavar, ao sair vejo minha mãe na sala se arrumando dizendo q ia até o supermercado, me deitei no sofá e fiquei ali algum tempo, vejo meu pai passando pela sala indo ao banheiro falando bom dia, fico ali deitada no sofá com o bumbum pra cima, depois de um ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]