Foda frenética com o entregador de pizza gato

Loading

Mais um conto de Bruna F.
Olá, sou Bruna, tenho 1,65 de altura, seios fartos e bicudinhos apontados pra cima, coxas grossas, bunda grande redondinha e empinada além de cintura fina, chamo muito a atenção dos homens e adoro me exibir com shortinhos, vestidinhos e amo sair sem sutiã, na verdade não uso nunca pois tenho seios muito durinhos e firmes e sempre naturalmente ouriçados, adoro me exibir,
Curto muito assistir uns videos de mulheres se exibindo pra entregadores semi nuas ou até mesmo nuas e resolvi tentar isso, sábado à noite, bem tarde, liguei pra farmácia 24 horas aqui perto de casa e pedi um remédio pra dor de cabeça e preservativos, rsrsrsrs, vesti uma calcinha vermelha fio dental de renda e uma blusinha de alcinha branca e semi transparente e fiquei esperando, um senhor chegou e tocou a campanhinha e fui atender, meu coração parecia que ia sair pela boca, estava nervosa e cheia de tesão e sentia minha buceta ficar enxarcada e piscando alucinadamente, minha calcinha ja tava molhadinha, abri a porta e dei um boa noite sensual e provocante, o remédio, disse ele me olhando assustado, aiiii que bom, vc trouxe a camisinha? perguntei, aqui está, disse, me virei e fui rebolando devagar até a mesa e propositadamente deixei o dinheiro cair no chão, comecei a juntar o dinheiro ficando de quatro na frente dele, rebolava a bunda grande e empinada que tenho tentando empinar ainda mais pra exibir meu cuzinho rosadinho pra ele, me levantei e fui arrumar o cabelo deixando meus seios à mostra já que a blusinha era curtinha, fui até a porta, paguei a ele e ele se virou e foi embora, puta que o pariu, xinguei alto, fiquei puta de raiva, fechei a porta me contorcendo de tesão, aquela situação me deixou louca, joguei a calcinha pro lado e comecei a tocar uma siririca, NÃOOOOO, vou tentar de novo, vou pedir uma pizza, e pedi, demorou quase uma hora e eu ja estava aos pulos de tesão doida pra dar pro primeiro que passasse na minha frente, chegou e abri a porta, um rapaz de uns vinte e poucos anos, bombadinho e bem bonito, fiz da mesma forma, deixei o dinheiro cair e tudo mais, porém, quando cheguei à porta, ele me entregou a pizza, fui rebolando deixar na mesa e voltei, me deu o refri e quando me virei ele passou a mão na minha bunda, tremi, gelei, que sensação

deliciosa essa , deixei o refri no chão e ele me agarrou apertnado minha bunda e me beijando um beijo de lingua bem molhado, apalpava e alisava minha bunda enquant me beijava, foi entrando com o dedo no meu rabo atingindo meu cuzinho, gemi baixinho, a porta estava aberta e tentei puxa-lo pra dentro, ele resistiu e passando a mão na minha buceta disse, agora não posso, tenho outras entregas, enfiou o dedo na minha buceta, tirou e lambeu o dedo indo embora, bati a porra da porta, estava puta de raiva e cheia de tesão, além da minha buceta e calcinha estarem mega enxarcadas, peguei meu consolo, o KY e fui tomar banho, puta de riava e cheia de tesão, enfiei o consolo buceta a dentro e com raiva me masturbei gozando horrores, me acalmei depois da gozada monumental no banheiro e fui terminar o banho quando a campanhinha tocou, cacete, quem será a essa hora, me enrolei na toalha com o corpo molhado e fui ver quem era, olhei pelo olho mágico e era o entregador de pizza, soltei a toalha e fiquei segurando-a com a mão na frente do corpo deixando minha bunda à mostra e abri a porta, ele olhou pra mim e disse, eu falei que não podia naquea hora porque tinha outras entregas, e agora? perguntei, você pode?me virando e deixando minha bunda à mostra pra ele, deixei a toalha cair e antes de chagar na mesa, ele fechou a porta, tirou a camisa e me segurou por trás apalpando meus firmes seios e beijando meu pescoço, me virei e nos beijamos enquanto ele apertava firme minha bunda alisando e enfiando os dedos apalpando meu cuzinho e chegando até minha buceta enquanto eu tentava abrir a calça do rapaz, petoral definido, carinha bombado muito gostoso, vou amar dar pra ele, pensei, ele tirou a roupra e me deparei com um piru grande e grosso levemente caído pro lado mas voltado pra cima, 22cm disse ele, UAUUUUUU, QUE DELÍCIA respondi puxando ele pela mão e sentando-o no sofá, joguei uma almofada no chão, me ajoelhei e caí de boca no cacete lindo do meu macho, chupei com vontado lambendo a abocanhando as bolas ele se deliciava sentindo eu mamar sua pica e bolinando meus seios, mamei muito aquela piroca grossa e grande que quase me sufocava quando enfiava na garganta rsrsrsr, deitei no sofá de pernas arreganhadas e dei uns tapinhas ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]