INCESTO REAL - Aproveitei do Priminho 2

Loading

Recomendo a leitura da 1a parte deste relato.

Durante o dia continuei reparando seus olhares para mim, para minha mala. Conversamos normalmente e tal.
Na hora de dormir. Ele tomou o seu banho primeiro, assim como no dia anterior, e eu em seguida. Quando entrei no quarto, só de toalha, para me trocar ele já estava deitado de bruços, coberto com o lençol. Assim que eu entrei, eu percebi que ele rapidamente fechou os olhos, como se estivesse dormindo[fingindo].

Nesse dia ele havia se deitado sem cueca. O moleque tava com o lençol meio afastado, com parte da bundinha à mostra, propositalmente, imaginei. Era uma bunda pequena, branquinha e redondinha. Entendi o recado dele. Ele tava querendo dar aquele cuzinho. Meu pau que já estava meia bomba e começou a subir, dando sinal de vida.
Todos já haviam ido deitar-se. Tranquei a porta atrás de mim e fui me trocar. Dessa vez já fui tirando a toalha e jogando-a em cima da cama. Fui pegar minha cueca de dormir no guarda-roupa próximo dele.

Fiz uma horinha ali, em pé, do ladinho dele e de pau durão. Percebia que ele disfarçadamente abria os olhos para me olhar, muito discretamente.
Num momento eu me abaixei, abri umas gavetas, ficando de joelhos próxima a ele, meu pau tava latejando bem na frente da cara dele. Mexi numas roupas lá no fundo do guarda-roupa para ele poder olhar

meu pau a vontade. Quando me volta para ele, vejo-o de novo fechando os olhos rapidamente e que havia aproximado o rostinho da minha pica. Passei a cabeça do meu pau na boquinha vermelho dele só pra provocar. Vesti a cueca. Dei outra olhada no rabinho dele. Desliguei as luzes e fui me deitar.
A luz que entrava pela janela batia bem em cima dele e permitia que eu o visse perfeitamente. Depois que eu desliguei as luzes ele começou a se mexer e foi tirando o lençol de cima de si, deixando a bundinha lisinha toda descoberta. Pirei. Ele se mexia, dando reboladinhas, como e tivesse me chamando.

Teve um momento em que ele encolheu uma das pernas, dando para eu ver o cuzinho dele. Eu já tava louco e sabia que ele queria, então resolvi atacar. Comecei alisando as pernas dele de cima da cama mesmo. Com isso, mais ele se mexia. Ele chegou a levar uma das mãos até a bunda e dar uma abridinha de leve e uma piscada no cú.

Bastou isso para eu descer da minha cama para o colchão na hora. Me posicionei atrás dele, deitado entre as suas pernas, com a cara próxima a sua bundinha, e tocando de leve o rabinho dele, com uma mão de cada lado. Era lisinha e redondinha, preenchia perfeitamente as minhas mãos. Fui alisando e dando ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]