Iniciei meu irmão caçula.

Loading

Boa galera!
Quem ja leu meus contos anteriores sabe quem sou e do que gosto.
Férias passadas na praia, meu sobrinho safado veio de novo passar comigo 20 dias.
E esse ano meu irmão caçula tambem quis vir junto comigo ja que nossos pais iriam para o sítio, e ele detestava por não ter o que fazer e ser muito parado.
Gabriel tem 16 anos, jeitão de moleque safado e pegador, chegamos no litoral por volta de 21:00 horas, arrumamos as tralhas e saímos pra fazer um lanche, e quando gabriel foi o banheiro, e tavinho meu sobrinho safadão perguntou como nós faríamos pra transar, ja que gabriel estava junto e que em uma semana minha esposa viria ao nosso encontro.
Falei pra ele que sem problemas, gabriel dormiria no quarto de trás e assim durante a noite nós aproveitariamos pra fuder gostoso.
Gabriel voltou do banheiro, paguei a conta e fomos pra casa, pois estavamos cansados da viajem em função do transito que pegamos.
Mostrei o quarto ao gabriel e todos foram descanças para amanha cedo aproveitar o dia de praia.
Peguei no sono muito rápido, e por volta de 1:00 da manhã, sinto um pau duro encostar em minha bunda, rss era Tavinho dizendo que não conseguia dormir pois estava com muito tesão.
Peguei ele de jeito e tratei de fazer um boquete que deixou ele nas nuvens em pouco tempo, pois gozou rápido em minha boca.
Coloquei Tavinho de 4 e dei um trato naquele cusinho lindinho e meti nele com vontade arrancando gemidos descontrolados do moleque que aguentava minha vara com facilidade e ainda rebolava feito uma putinha, e quando olho em direção a porta, levo o maior susto, pois vi um vulto e tinha certeza que Gabriel tinha visto tudo, só não sei de qual parte.
Mas aí a merda ja tava feita, tratei de gozar e falei pro Tavinho que achava que Gabriel tinha nos pego em flagrante, ele me olhou assustado então pedi que ele fosse ao seu quarto e amanhã veriamos isso.
Acordei lá pelas 8 da manhã, Tavinho estava ferrado no sono, assim como Gabriel tb.
Aproveitei e saí pra comprar nosso café da manha e quando retornei Gabriel ja estava acordado sentado na sala vendo TV.
E ai maninho? dormiu bem?
fiz de conta que não sabia de nada.
Mais ou menos, tinha mito barulho na rua, custei a dormir.
Ví que gabriel me olhava de um jeito estranho, mas tratei de não dar muita bola pra isso.
Tavinho acordou tomamos nosso café e fomos á praia que estava lotada.
Brincamos bastante, nadamos e

fiquei bem cansado, pois acompanhar o pique de dois moleques e eu com 50 anos é foda.
Sentei na cadeira e os dois se esbaldavam na água, quando Gabriel saiu deixando Tavinho sozinho.
Sentou do meu lado me olhou diferente como quem quer falar algo, mas não tinha coragem.
Gabriel?, o que voce tem cara, acordou quieto, sem falar muito?
Nada não Carlos, só umas coisas doidas aqui na cabeça.
Posso te ajudar em algumas delas?
Quem sabe disse ele.
Carlos? , Voce é Gay?
……..Caramba essa foi na lata!
Porque a pergunta?
Eu vi ontem voce e o Tavinho.
Hum , mas o que voce viu realmente?
Vi voce comendo o cú dele e ele pelo jeito gostando, pois vi que ele tb. tava de pau duro.
Maninho, é assim, eu e Tavinho não é a primeira vez que a gente transa, apesar de eu ser casado, eu gosto de mumas sacanagens com outro homem, e com o Tavinho aconteceu do nada desde o verão do ano passado, e sempre que a gente tem uma oportunidade a gente faz sexo.
Mas ele come voce tb.?
Sim, nós fazemos troca troca, chupamos o pau um do outro, em fim, fudemos de verdade.
Gabriel me olhou com aquela carinha de anjo e largou….
… Eu posso participar também?
Confesso que fiquei gelado com a pergunta dele, afinal era meu irmão mais novo, não sabia o que responder.
Tavinho estava vindo ao nosso encontro, e assim que chegou, Gabriel foi direto.
Tavinho?, doi quado voce da o cú?
Tavinho ficou branco que parecia ter visto um fantasma.
Tratei de tranquiliza-lo dizendo que Gabriel tinha visto a gente ontem a noite e que gostaria de participar da brincadeira tb.
Tavinho achou que Gabriel fosse ficar com raiva de nós, por sermos na linguagem popular, viados, mas levou na boa a situação.
Tavinho falou que por ele tudo bem, mas que seria nosso segredo eterno.
Gabriel falou que morreria com esse segredo, e que não via a hora de poder fazer isso com a gente.
Olhei pra sunga do Gabriel e ele estava tentando esconder o que não dava, pois seu pau era bem grande pra idade, comecei a rir, da situação e falei pra ele relaxar que logo conseguiria levantar da cadeira.
Depois de aproveitar-mos bem a manhã de sol, fomos pra casa tomar banho e sair pra almoçar, pois ainda não tinha feito compras, mas nada disso aconteceu, Tavinho entrou no chuveiro de porta aberta, e chamou Gabriel pra tomar banho juntos, os dois estavam de paus duros e eu tambem apreciando aquelas duas figuras gostosas.
G – Tavinho seu pau é do tamanho ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]