Jogo Secreto 003

Loading

Alguns dias se passaram desde a história contada no ultimo conto. Victor, um amigo de infância veio na minha casa, e conversa-vai, conversa-vem, acabei contando sobre o Secret Game, ele ficou muito interessado e disse que gostaria de experimentar com a esposa dele. Eu disse então que ia fazer uma cópia pra ele, e que ele viesse no sábado pra buscar. No sábado, eu estava em casa com minha namorada, quando no fim da tarde aparece o Victor com a sua esposa Maria. Victor é um cara magro, mais ou menos da minha altura e estava vestido de camisa e gravata, Maria é bem baixinha, cabelos longos e negros, estava com um vestido azul bem leve com um decote, e uma sandália de salto alto, que realçava suas coxas. Os convidei pra entrar e fomos para sala assistir a um filme e bater papo. A certa altura, o assunto passou a ser sobre filmes pornôs. Victor havia contado sobre um filme que ele tinha assistido. Nesse filme dois casais faziam sexo e trocavam de parceira. Pude perceber claramente que todos haviam ficado excitados com a descrição do filme. Minha namorada então, fala no meu ouvido que queria falar comigo. Eu dou uma desculpa qualquer e saio com ela. Fomos até a cozinha, e ela me diz que aquela história tinha deixado ela com muito tesão, e ela queria experimentar transar com outro casal. Eu disse pra ela que também fiquei com vontade, mas teria vergonha de pedir isso pra eles, pois não saberia que reação eles teriam. Foi quando eu olho pro lado e vejo que Maria estava ali ouvindo tudo. Maria chega e diz que não precisa ter medo da reação deles, pois eles haviam vindo justamente pra isso. Voltamos pra sala então, e convidei a todos para irem para o nosso quarto. Chegando lá, Victor diz que queria experimentar o jogo. Pegamos quatro cadeiras, então, ligamos o computador e começamos o jogo.

Os quatros estavam nervosos, pois era a primeira vez que fazíamos tal loucura, mas ao mesmo tempo estávamos muito excitados. Na primeira rodada, Michele tirou os meus tênis, na segunda eu tirei, nervoso, a sandália de Maria, e as duas se sentaram numa cadeira e eu e Victor beijamos as suas

nucas. Nos entreolhávamos a toda hora. Depois eu me sentei na cadeira e a Michele fez uma massagem no meu pescoço e nos meus ombros. O Victor tirou sua gravata e os sapatos e deu um beijo um pouco hesitante no pescoço da Michele, que a arrepiou toda. Ela tirou as meias e o cinto dele e lambeu bem de leve os seus lábios. Eu tirei minhas meias e dei um profundo beijo na Michele, enquanto Victor fazia o mesmo com a Maria. Estávamos começando a nos sentir mais à vontade. Maria, então, tirou as calças dele e voltou a beija-lo. Eu e Victor sentamos numa cadeira, e as duas se posicionaram na nossa frente e baixaram de leve a calcinha, só pra mostrar os pelinhos, Maria, assim como a Michele tinha os pelinhos bem aparadinhos e ralinhos. Tirei minha calça e minha camiseta, deitei a Michele no chão e carinhosamente passei um pincel de maquiagem que a Maria me emprestou em todo o seu rosto. As duas nos deitaram no chão e a Michele começou a passar a mão no meu pau por cima da minha cueca, enquanto a Maria fazia o mesmo com Victor. Victor então tirou a calcinha de Maria, a deixando só de vestido, revelando aquela bundinha empinadinha e aquela xaninha que já estava ficando molhadinha. Então nos fizemos uma dança em grupo, com as duas garotas no meio, fazendo um sanduíche, eu aproveitava pra passar a mão nas pernas da Michele, subia pra sua bundinha e então passava pra bunda da Maria, passava na barriguinha dela e nos peitinhos, depois acariciava os da Michele. O Victor ficou o tempo todo segurando os peitos da Michele e a bundinha da namorada dele. Michele então tirou seus tênis e trocamos de parceiros na dança. Passei a mão na barriguinha dela e fui descendo até tocar os pelinhos da bocetinha dela, só ameacei que ia colocar a mão e depois desviei e fui passando as mãos pelas suas coxas até chegar na cintura de minha namorada. Depois dessa sessão de dança, eu sentei a Maria numa cadeira, sentei de frente pra ela e massageei suas pernas enquanto tinha uma visão privilegiada de sua xaninha, pude ver que já estava escorrendo de ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]