Kiara – Final de Ano gostoso com você minha leitora!

Loading

Hoje minha doce leitora, vou lhe contar como será as nossas férias de final de ano.
Dezembro de 2017, havia combinado com você, durante o ano de passarmos as festas de final de ano juntas, pois com esta agitação de estudos e trabalhos de faculdade, fazia bem tempo que não nos víamos, mas nos falávamos muito por telefone e na internet. Um belo dia criei coragem e lhe contei ao telefone de meu segredinho: “amiga, sabe a Vanessa?”, você um pouco confusa respondeu perguntando: “A Vanessa, sua prima?”, “O que tem ela?”, dei uma risadinha para quebrar o gelo e disse: “Nós estamos transando, já tem um tempinho, mas ó, era segredo meu e dela e estou te contando”, você já demonstrando animação, logo disse: “Bem que tenho percebido você diferente, com uns assuntos fora do normal, e você só me conta isso agora?”, eu ainda risonha lhe respondi: “É que havíamos combinado de ser só nosso segredo”, neste instante fez-se um silêncio no telefone e você me confidenciou: “Acredita que eu ainda sou virgem?”, em seguida respondi: “Está falando sério?, você ainda não fez nada?”, você me respondeu: “Nadinha, estou louca pra fazer”, o papo foi rolando e acabamos ficando bem excitadas, contei para você tudinho que a Vanessa á havia feito comigo, e você ficou deslumbrada com tudo que eu ia contando em detalhes, e ao final combinamos algo bem gostoso para o nosso encontro de final de ano, quando você me pediu: “Queria que você me ensinasse tudo isso que está me contando, você me ensina?”, eu um pouco surpresa lhe respondi: “Aii amiga, será uma delícia poder te ensinar tudinho, na sua vinda aqui para passar o final de ano, vamos nos divertir muito”.
O ano foi passando e logo chegaram as festas de final de ano. Você chegou na madrugada de domingo, dia 24 e iria ficar em minha casa até a outra semana, indo embora só do domingo dia 7 de janeiro. Sendo assim passaríamos muitos dias juntas e poderíamos matar toda nossa saudade. Passamos aquele dia colocando nosso papo em dia, ficamos boa parte do dia no meu quarto, onde contei para você em detalhes tudo que estava acontecendo entre eu e o Flávio, meu primo. Como era véspera de Natal, à noite outros familiares veio a nossa casa e até para a minha total surpresa, pois eu não sabia, o Flávio também apareceu, você ao vê-lo não se conteve e foi logo abraçando e lhe desejando um feliz natal, fiquei só de longe olhando. Comemoração vai… comemoração vem, a noite passou e já era dia 25, passamos o dia juntas, ao final do dia você foi tomar o seu banho, meus pais estavam se arrumando e saíram, deixando nos duas sozinhas. Ao sair do banho perguntou: “Cadê seus pais?”, eu lhe respondi: “Acabaram de sair, foram assistir na Igreja à uma Cantata de Natal, e não vão jantar em casa, depois da Igreja vão sair com um casal de amigos para jantar fora”, dando um sorrisinho, lhe disse: “Vou tomar o meu banho, me espere no meu quarto”, tomei um banho bem gostoso e fui para o meu quarto só com a tolha enrolada em meu corpo.
Sem nenhuma cerimônia tirei a toalha e fiquei nuazinha na sua frente, ela arregalou os olhos e me disse: “Uhhh amiga, que corpinho mais lindo!”, eu olhando para você lhe disse: “É? Você acha?”, ela sorrindo respondeu: “Mas é claro, o Flávio deve se fartar nisso tudo aí”, eu sorrindo para você vesti o meu baby-doll rosinha e

ficamos na cama conversando, você vestia um conjuntinho bem levinho, um shortinho curto e uma blusinha até metade da barriga. Nossa conversa foi esquentando e de supetão você disse: “Você me acha atraente?”, olhando bem nos olhos dela lhe respondi: “Claro amiga, você é um docinho de amor!”, com carinha já de safada, você perguntou: “Acha que os homens vão gostar de me comer?”, também com carinha de safada lhe respondi perguntando: “Só saberei se eu te provar, que tal agora, quer?”, você já bem soltinha respondeu: “Quero!”, neste instante liguei o meu iPhone no meu Micro System e coloquei uma música da “Enya” para tocar, ambas já bem excitadas a este momento, nos abraçamos bem forte e começamos a nos beijar, primeiro de leve nos lábios e depois mais forte de língua, uma sentindo o gostinho da saliva da outra, estávamos na minha cama e ambas entrelaçamos nossas pernas uma a outra e ficamos ainda mais abraçadas e grudadinhas, continuamos beijando e nos acariciando, até que comecei a tirar a sua blusinha, deixando a mostra os seus peitinhos durinhos que naquela excitação já estavam bicudinhos iguais os meus, peguei com vontade seus peitinhos e apertei com tesão, você deu uma gemidinha baixinho e disse cheia de tesão: “Aiii que delícia Ki, você pega e aperta muito gostoso”, você em seguida começou a tirar a minha blusinha e ambas com os seios de fora, ficamos abraçadas para ambas sentirem os seios se tocando, e voltamos a nos beijar bem gostoso.
A esta altura nossa excitação estava no clímax máximo e uma foi tirando o shortinho da outra, quando ambas ficamos seminuas, só de calcinha. Comecei a beija-la pelo pescoço, te deixando toda arrepiadinha, até chegar nos seios, onde cai de boca bem gostoso, lambendo, chupando, sugando e mamando nos biquinhos durinhos, você estava enlouquecida e já começando a entrar em transe, quando coloquei minha mão dentro de sua calcinha e pude sentir a sua bucetinha todinha meladinha e completamente lisinha, fui passando um dedo entre os lábios fechadinhos, em movimentos para cima e para baixo, fazendo os lábios da sua bucetinha abrir e fechar, com os olhinhos fechados você disse: “Aiiii Ki, que delícia, continue… não pare, estou me sentindo nas nuvens!”, você continuou com os olhos fechados e parecia que estava entrando em transe, seu corpo começou a tremer descontroladamente e foi quando você me abraçou ainda mais forte e disse: “Estou gozando, aiiiii que loucura!”, em seguida você ficou molinha nos meus braços, toda relaxada e dengosa, tirei minha mão de dentro de sua calcinha e com os dedos todos meladinhos, coloquei em minha boca e lambi e chupei tudinho, dando um pouquinho também para você chupar, em seguida voltamos a nos beijar gostoso na boca, quando eu lhe disse ao pé do ouvido: “Amiga, quero chupar a sua bucetinha virgem e meladinha, quero agora sentir você gozando na minha boca!”, logo ficamos ambas em pé sobre a cama e uma foi tirando a calcinha da outra, ficamos nuazinhas, tesudinhas, gostosas e safadas.
Você e eu deitamos na cama, você por baixo e eu por cima, ambas sentindo o calor e o suor de nossas peles grudadas de desejos, comecei enchendo você de beijos, no rosto, na boca, na nuca e fui descendo, até que cheguei aos seios, onde caprichei uma mamada bem gostosa, lambendo todo o seio e sugando os biquinhos, ia fazendo gostoso e sentindo você dar uns gemidinhos, fui descendo mais, agora pela sua barriguinha, dei uns beijinhos no seu umbiguinho e cheguei em sua bucetinha quente ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]