Macho Me Estuprou sem Dó

Loading

Meu nome é Rick, tenho 36 anos, sou de Campinas/SP.

Vivo procurando machos pra me estuprar sem dó. As vezes vou em cinema pornô em São Paulo, as vezes sonho com pedreiros de construção, traficantes, todo tipo de macho.

Numa dessas buscas, conheci um cara por um aplicativo de mensagens, disse pra ele que eu curto ser enrabado sem dó, que me responsabilizo por tudo que ele fizer, que se eu pedir pra parar ele pode continuar sem dó, estuprar de verdade. Fui incentivando o cara a me arrombar. Ele concordou e veio em casa.

Deu uns 30 minutos ele chegou de moto, pediu pra eu deixar ele guardar a moto na garagem do prédio e eu dei um jeito de abrir pra ele.

Chegando em casa, já levei um tapa, que olhei pra ele assustado.

- Falou que quer ser estuprado né putinha?

Não respondi nada, só olhei a mão dele vindo outro tapa. Me agarrou e me

beijou e mordeu minha boca, enpurrou de joelho no chão e foi abrindo o ziper. Tirou uma rola não muito grande, e já foi socando na minha boca.

Enquanto eu ia chupando ele ia tirando a roupa dele e a minha, me dando tapas no rosto e chamando de puta, vadia, ordinária, vou te arrombar sua piranha.

Foi arrancando toda minha roupa, e colocou eu deitado no sofa, com a cabeça pendendo pra tras. Veio e começou a socar a rola na minha garganta, fazendo passar e dando reflexo. Uma hora o cara deixou a rola socada e eu comecei a perder o folego, ficar desesperado pra ele tirar. Tremi, tentei empurrar ele... meu deu reflexo de vomitar e o cara tirou e eu vomitei um pouco no chão (bem pouco, não tinha comido nada).

Fui acostumando um pouco com a situação e fui tentar colocar um dedo no cu pra começar a lacear pro cara ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]