ME COMEU NA MATA E COM CHUVA..GOSTEI

Loading

Chovia aquela tarde. Uma chuva tranquila, porém, constante. Sabia que não haveria mais movimento na empresa . Eram quase quatro da tarde . resolvi colocar meu short e camiseta e sair pra caminhar no parque. Ao chegar lá, vi um parque quase deserto.

como sempre faço, coloquei uma camisinha na meia e travei o carro. Sai para meu percurso.

A chuva era cadenciada e isso era gratificante.. Caminhei, corri por uns 2km e ao chegar na volta perto do lago, onde existe uma reserva de mato e caminhos provocadores, parei para respirar e recarregar. A chuva lavava o corpo e aquecia a alma. Olhei ao redor e não percebi ninguém. Retirei a camiseta molhada e fiquei apenas de short colado devido a agua. Caminhei poucos metros e fui surpreendido por um rapaz moreno, no auge de uns 30 anos, mais ou menos. Ele saiu do mato e também se surpreendeu comigo ali..

– Boa tarde . Td bem?

– SIM. EMBORA VC TENHA ME ASUSSTADO. MAS TUDO BEM.

– Desculpa. Não era intenção. Apenas esperava um amigo. Mas acho que ele não vem e eu vou ficar na mão e no tesão. Sorriu e ficou por ali.

Continuei a caminhar e

fiz uma volta no lago e propositalmente passei novamente no mesmo caminho. Lá estava o jovem.

-NADA DO AMIGO?

-Não. Acho que vou bater uma e vou embora.

Não resisti … a chuva, o calor do exercício, o ambiente e o tesão falaram mais alto.

-QUER AJUDA? NO QUE POSSO AJUDAR?

– Pô cara, vc é um tesão. Quer mesmo?

Sem responder, já me encaminhei pra trilha no meio do mato. Aquele barulho de chuva nas folhas, a vontade, deixava tudo ainda mais gostoso. Encostei-me numa árvore. Ele chegou perto e já foi abaixando o calção. Seu pau grosso,t amanho normal, pentelhos pequenos.

Sem muita conversa, abaixei e comecei a chupar aquele cacete desconhecido. Lambi a cabeça, desci até as bolas enquanto alisava suas pernas. Ele me segurava a cabeça, forçando seu pau na boca. Engolia todo o mastro moreno que ficava ainda mais duro. Lambi e chupei o quanto pude.

-Cara, quero te comer..fuder seu rabinho gostoso.

Levantei e baixei meu calção, virando de costa pra ele. Senti suas mãos nas costas, me alisava a bunda e enfiou um dedo no meu rabo..

-AI QUE GOSTOSO..CUTUCA ESSE RABO, QUERO FUDER ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]