Meu cuzinho virou uma bucetinha

Loading

Meu cuzinho virou uma bucetinha: A melhor foda de minha vida foi num domingo a tarde. Entrei num cinema no centro de Sampa e me dirigi ao fundo das cadeiras, que precisava subir como uma arquibancada. O cine estava quase vazio e na última fila sentei perto de um velho que se masturbava. Um pouco à frente tinha um rapaz, que depois se revelou o grande homem. Comecei a mexer no meu pau, mas o velho não me interessou. A seguir o cara da frente olhou para traz e eu fiz um sinal de positivo para ele. Ele balançou a cabeça afirmativamente e se dirigiu para o meu lado. Mudei de bando em direção ao centro da fileira de assentos e ele sentou do lado. Comecei a passar a mão nele, que tesão

de homem. Devia ter uns 25 anos, cabelos pretos, musculoso, umas coxas lindas, massageei e beijei seu pau por cima das calças, estava duro. E que pau! Grande, grosso, reto e empinado para cima: o auge da masculinidade de um homem. Ele tirou o pau para fora, caí de boca, lambi as bolas, cheirei (até hoje sinto seu perfume), coloquei uma camisinha e mamei com toda a vontade. Depois de ele gemer bastante, sentei na poltrona do outro lado dele e tive a melhor idéia de minha vida: baixei minhas calças e cueca e pedi para ele ajoelhar na minha frente: ele ia me possuir como uma mulher. O cara não se fez de desentendido, ao contrário, quando vi ele já estava tentando acertar meu cuzinho. Lambuzei bastante e ele começou ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]