MEU MARIDO COMEU A MINHA IRMÃ E EU PARTICIPEI

Loading

Eu sou a Leila, tenho trinta e dois anos, sou casada e não tenho filhos, apesar dos meus trinta e dois anos o meu corpo continua o mesmo, seios durinhos, coxas grossas e uma bundinha arrebitada, que causa confusão por onde eu passo, mas a minha irmã casula e muito mais bonita e muito mais gostosa do que eu, ela tem vinte anos é solteira e tem um corpo que é um espetáculo, confesso á vocês que, apesar de me achar uma mulher fora de serie, eu sinto inveja da minha irmã e daquele corpo perfeito que ela tem, até o meu marido, que morre de ciúmes de mim, vivi arrastando as assas pra cima dela, eu sempre vejo os dois de segredinhos um com o outro, quando eu chego perto eles mudam de assunto.

Meu marido só não tinha comido ela ainda, porque ela e os meus pais moram numa cidade do interior, que fica bem distante da capital, mas nós sempre viajamos pra lá para visitar a família, foi o que aconteceu no sábado de carnaval, nós fomos visitar a minha mãe e convidamos a minha irmã, pra vir brincar o carnaval aqui em são Paulo, ela aceitou na hora, arrumou a mala e viemos embora, na noite de sábado, nós saímos de casa, por volta das dezenove horas, para participarmos de um bloco carnavalesco que tem o nome de vai quem que.

Eu e a minha irmã, estávamos fantasiadas de colegiais, que era uma sainha xadrez bem curtinha, uma mini blusa branca, desabotoada e só amarrada na cintura, meu marido estava fantasiado de marinheiro, ele não largava da cinturinha da minha irmã e como os homens dizem, ela estava um verdadeiro tesão, tinha muita gente no bloco e estava muito apertado, todo mundo pulando, cantando e bebendo, aquilo estava uma maravilha, mas eu sentia muitas mãos pegando na minha bunda e apertando os meus seios, então reclamei com o meu marido e falei vamos sair daqui, ele começou

a rir e me disse, calma amor hoje é carnaval, hoje vale tudo.

Eu fiquei meia surpresa, com a sua resposta e resolvi confirmar, então perguntei a ele quer dizer que hoje vale tudo, ele me respondeu hoje vale tudo amor se divirta e não me encha o saco, eu fiquei puta da vida ao ver ele e a minha irmã se beijando ai quem ficou de saco cheio fui eu, nisso eu senti alguém me em cochando e vi que era um garotão bonitão, que estava segurando na minha cintura e esfregando o pau na minha bunda, eu nem falei nada e comecei a rebolar no seu pau, ele segurou nos meus seios, apalpo, alisou e depois abriu o no da minha blusa, desabotoou o meu sutiã e começou a puxar, ai eu acabei de tirar e ele guardou no bolço, eu agarrei no seu pescoço e falei aproveita que hoje é de graça.

Com os dois seios de fora, ele me agarrou pela cintura e saímos pulando no meio do povo e sempre tinha um engraçadinho, que socava a mão na minha bunda e ficava alisando e apalpando a minha bundinha, outros me chamavam de gostosa e apalpavam os meus seios, eu só queria me divertir e nem ligava, beijo na boca e mão na boceta era direto, eu estava me sentindo, em uma verdadeira putinha dentro de uma zona, porque mão na bunda, mão nos seios, mão na boceta, isso era sem parar, quando um me largava, já tinha outra boca, beijando a minha, quando procurei pelo meu marido e pela minha irmã, já não os achei mais, então continuei agarrada com o garotão, que não parava de alisar e apertar a minha bunda, eu já estava bêbada e continuei bebendo sem parar, eu já estava chamando Jesus de Genésio e Maria de João.

Ai nós paramos, para comprar mais cerveja, foi quando o garotão me encostou em uma arvore e começou a me ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]