Meu marido pediu

Loading

Nunca pensei que um dia eu iria contar o que vem acontecendo comigo e meu marido já há 2 anos, mas ele pediu tanto que eu vou contar, os nomes das pessoas que aqui eu mencionarei são ficticios, somente os nomes.

Tenho 30 anos, meu marido 35, moramos em uma cidade grande do interior de SP, sou morena sem filhos e curto muito sexo. Casei-me nova 20 anos, namorei desde os 17 anos com meu marido, mas quando ele me conheceu eu não era mais virgem desde os 14 anos eu já transava com frequência grande com um homem que trabalhava para meu pai em uma chacara nossa.

Esse homem chama-se Jorge e esta na chacara desde que ela era de meu avô. Como sempre frequentei a chacara conheci ele pequena e segundo ele chegou a me carregar no colo.

Depois que casei com meu marido, tivemos uma vida super regatada mas sexualmente eu sentia falta do Jorge, com o Jorge sempre eu tinha varios orgasmos e ele fazia tudo, seu pau é bem maior que o do meu marido. o do meu marido tem 12 cm e é fino o do Jorge tem quase 30 cm e grosso, a diferença é bem considerável.

Com o passar do tempo, nosso casamento foi esfriando, eu para compensar me masturbava cada vez mais, sempre que me masturbava lembrava do Jorge, a vontade era tanta que comprava pepinos enormes e grossos e me masturbava com ele, certa vez meu marido me fragou me masturbando com um desses pepinos grandes e grossos, ficou admirando e começou a se masturbar terminando por gozar em cima de meu corpo, comop eu não tinha gozado ainda, implorou que eu gozasse e assim fiz, quando terminei ele se retirou do quarto sem comentar nada. Fiquei morta de vergonha de meu marido e de tudo que ele tinha presenciado, durante alguns dias ficamos sem fazer nada, nem ele me procurava e eu muito menos, numa certa noite ele tomou iniciativa e perguntou se eu continuava me masturbando com pepinos, disse que não e que estava envergonhada, falei que não imaginava que ele entraria em nosso quarto naquela hora e que não faria mais aquilo, ele me beijou e disse para eu continuar, disse que foi super excitante e que se masturbou de tesão mesmo, começou a chorar e reconheceu que tinha o pinto pequeno mesmo, abracei ele e nos beijamos, ele não parava de chorar, abraçados fomos para a cama e talvez tentando consolá-lo comecei a fazer um boquete nele, seu pau ficou duro, ele levantou da cama e saiu do quarto, retornou com um caixa de presente, eu abri a caixa e nela tinha três vibros de borracha e um plug anal. Imediatamente eu falei que não usaria aquilo, que ele estava louco, embora seu pinto fosse pequeno era o que eu amava e me satisfazia, ele então implorou para que eu usasse, disse então que só usaria se ele participasse, ele que iria me masturbar com aquelas coisas, vi brilho em seus olhos e abrindo minhas pernas começou a melhor noite até aquela, primeiro colocou um menor que era bem

maior do que o dele, depois de um tempo tirou e enfiou outro um intermediário, com esse eu gozei a primeira vez, quando ele começou a socar dentro de mim, quando eu acabei de gozar ele pegou o maior um negro enorme e de uma só vez meteu em minha xana, aquele realmente era grande e grosso, entrou todo de uma vez bem fundo, percebi que meu marido estava alucinado e me entreguei aquele pau falso de corpo e alma, gozei varias vezes numa dessas meu marido pegou o tal plug anal e meteu em meu cuzinho a seco, a dor foi incrível ms como na frente ele socava o negro, acabei acostumando ´rapidamente e tive mais uns 3 orgasmos com o plug enterrado em meu rabinho e o negro sendo socado sem dó, quando aquela seção de vibros terminou, lembrei que meu marido não tinha gozado, me reclinei na cama e procurei o pinto dele, estava duro, subi nele e cavalguei seu pinto, depois daquilo tudo que tinha levado aquele pinto não conseguia me excitar, me concentrei na foda e em pouco tempo meu marido enchei de porra minha xana.

Cansados tomamos banho e voltamos para a cama, o silêncio no quarto era demais para mim, eu não me perdoava por ter feito aquilo, ele não falava nada, assim dorminos.

No dia seguinte de noite repetimos tudo de novo, e mais uma vez acabei cavalgando no pau dele e até ele gozar.

Ficamos assim uns dois meses, sem falar-mos e fodendo com os vibros e o plug anal, meu cuzinho já aceitava o plug numa boa.

No dia de meu aniversário meu marido pediu para que eu ussase uma calcinha tipo fio dental que ele tinha me dado e que eu colocasse o plug anal.

De tardezinha me preparei como ele pediu, introduzi o plugo anal e depois coloquei o fio dental, vesti um vestido super curto, me maquei e fiquei esperando por ele.

Mais ou menos umas 20:30h escuto a garagem abrindo, em poucos minutos ele entra com o Jorge, me beija na boca e me dá um presnete, abro o presente e vejo uma linda aliança de brilhantes, retribuo o beijo, então ele pede licença ao Jorge e fala que vai tomar um banho e se trocar, peço licença ao Jorge também e sigo o meu marido.

No quaro ele me pergunta se estou do jeito que ele pediu, aceno a cabeça, ele levanta meu vestido e me faz reclinar expondo minha bundinha, de onde estava eu via minha bundinha com o fio dental e as portas do plug aparecendo, certificando-se que eu estava assim, virou-se e foi para o banheiro, seguindo ele eu perguntei porque elçe tinha trazido o Jorge, já que tinha pedido para que não concvidasse ninguem de minha família, ele respondeu que era um presente para mim, intrigada perguntei qual era o presente, ele tranquilamente respondeu o Jorge e confidenciou, naquele primeiro dia o do pepino enquanto eu gozava eu murmurava o nome do Jorge e depois algumas vezes eu fazia o mesmo, corada eu abaixei os olhos, ele então me abraçou e me beijou, pediu para que ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]