Minha esposa deu para 3 amigos meus e eu amei

Loading

Minha esposa deu para 3 amigos meus e eu amei Minha mulher é linda de rosto e corpo, e acima de tudo tem um tesão incontrolável. Somos casados com filhos e como nossa casa é bem espaçosa e confortável, com uma piscina ladeada por uma grande churrasqueira, os amigos costumam freqüenta-la durante os finais de semana, alguns chegam cedo e só vão embora de madrugada. Aproveitando esta situação quando vamos transar ela diz que gostaria que todas as mulheres sumissem e só ficasse ela na casa para poder dar para todos os meus amigos juntos e de todas as maneiras possíveis. Costumo reparar que os meus amigos olham realmente para ela com olhares gulosos, também, não é para menos já que ela provoca com roupas mínimas. Bom, um desses amigos se mudou devido à sua profissão e sempre ligava falando que estava com saudades de nossos churrascos e quando viesse para nossa cidade ficaria lá em casa. Ele é solteiro e um tipo bem bacana, todo charmosão, seu nome é Roberto. Passado algum tempo, Roberto ligou e avisou para marcar com a galera um churrasco para o final de semana que ele estaria na cidade, fiz contato com os amigos. No sábado pela manhã, voltei de minha empresa e lá estava o Roberto de sunga na piscina, bebendo caipirinha junto de minha esposa. Em nossas fantasias ela vivia falando dele, até porque o volume em sua sunga geralmente a deixava acesa, ele tinha um pauzão. Cumprimentei-o e minha esposa me chamou de canto e falou que ela havia descido com sua mala, avisando sem pedir que dormiria lá até segunda-feira quando retornaria. Comentei que ele não havia me avisado, mas tudo bem ele não era um cara folgado, bem na dele. Levei as crianças para a chácara de meus pais e quando retornei já havia chegado quase todo mundo, o churrasco como sempre foi regado a bastante comida e principalmente bebida. Eram mais ou menos duas da manhã e estávamos em volta de uma mesa, eu, minha esposa, o

Roberto, o Rodrigo e o Guto apenas, todos tinham ido embora. Só sobraram os solteiros. Percebi naquele dia que o Roberto ficou o dia inteiro bem assanhado para o lado de minha esposa e ela óbvio que retribuía, olhando para mim e percebendo meu consentimento. Como já estávamos todos altos e sabendo que se dependesse dela não aconteceria nada, perguntei se algum deles havia percebido como a minha esposa estava mais malhada devido a um novo personal. O pessoal começou a elogiar dizendo que realmente ela estava melhor do que já era. Eu, todo safado e alegre com a bebida, disse então para ela se levantar e dar uma voltinha, ela se encolheu e falou: vocês estão é bêbados, até parece que vou ficar me mostrando para um bando de tarados. Todos riram e o Roberto disparou: Com coisa que ninguém nunca reparou em você, nós te conhecemos dos pés à cabeça. Então eu disse: vocês pensam que conhecem, mas não viram nada. Me levantei, fui até ela, peguei em sua mão e a puxei ao meu encontro, comecei a beija-la com bastante vontade, passando a mão em seus seios siliconados e na sua bunda. Ela tentou me fazer parar, mas acho que o tesão que se instalou no ar não permitiu, então eu ergui sua minissaia, deixando a mostra seu fio dental, puxei o fio para fora e comecei a passar o dedo no cuzinho dela. Então parei de beija-la, olhamos para trás, estavam os três com o pau para fora se masturbando com a cena, puxei ela com calma para uma sofá que fica na varanda e a coloquei de quatro virada para nós 4, todos ficaram de pé bem próximos dela, então tirei sua calcinha e abri com as duas mãos sua bunda. Seu rabo é maravilhoso, então pedi para ela enfiar um dedo no cuzinho para mostrar para meus amigos como ela tinha um cuzinho guloso por pica. Ela riu, lambeu o dedo do meio e enfiou no cú com vontade, ficou metendo o dedo ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]