Na ausência do ator, elas me colocaram para ensaiar com elas… que peça!

Loading

(escrito por Kaplan)
Minhas três sobrinhas eram muito criativas. Um fim de semana em que fui com elas ao sítio da família, no domingo a mãe da Paulinha e da Helena veio me perguntar se eu tinha algum compromisso para a segunda feira. Respondi que não.
– Então, você se incomodaria de ficar mais um dia aqui, com as três? Vou te explicar o porquê do pedido. Eu tenho compromisso amanhã e não posso ficar. E elas combinaram com um amigo de vir aqui, para eles ensaiarem uma peça de teatro. As três resolveram fazer teatro e uma atividade delas é essa, de decorarem os scripts para apresentarem no outro final de semana. Eu gostaria que você ficasse, já que não tem nada pra fazer amanhã, sabe como é, né? não conheço o tal rapaz e você seria uma segurança pra elas e pra mim!
– Pode deixar, ficarei sim, será um prazer. Elas não tinham me contado dessa nova aventura delas, trabalhar em teatro… legal! Gostei de saber!
Ela me agradeceu bastante e, à noite, ela e o marido foram embora, nos deixando lá. Vi que as três estavam ocupadíssimas lendo o roteiro e resolvi que não iria atrapalhá-las. Deixei-as na sala e fui para o quarto, logo dormi.

Na segunda de manhã, assim que acordei e fui tomar o café, elas já estavam lá.
– Que horas o amigo de vocês vai chegar?

– Ele disse que viria cedo, estamos aguardando para qualquer

momento.

– Você vai assistir o ensaio, tio?

– Se quiserem, assisto.

– Ótimo, queremos sim, aí você pode dar alguma dica pra nós se algo não estiver bem.
Muito bem, o tempo foi passando, eu fui nadar, dali a pouco chegam as três com cara de cemitério.
– O que foi?

– O sacana não vem! Liguei pra ele porque estava demorando e ele disse que não vai dar pra vir.

– Pôxa… isso não se faz! Compromisso é compromisso! E agora? Voltamos pra cidade, então?

– Tio, você podia quebrar o galho e ficar no lugar dele, faz isso? Por favor? O roteiro está aqui e você vai acompanhando, quando chegar a fala dele, você interpreta e a gente dá sequência.

– Bem, eu nunca fui ator… posso tentar!
Elas gritaram e riram de satisfação. O que a gente não faz por sobrinhas…
Bem, elas arrumaram alguns bancos e foram vestir as roupas. Me deram também um chapéu estranho, parecia de toureiro, mas não tinha nada a ver com touradas. Enquanto eu olhava o roteiro para achar minhas falas, elas se vestiram e voltaram. Engraçado… estavam duas de camisola e uma de roupa de dormir, mas de duas peças. Estranhei, mas imaginei que não seriam as roupas da peça, apenas alguma coisa parecida que elas tinham colocado.
A minha primeira fala demorava. O início da tal peça era ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]