O encontro de duas amigas na casa de praia

Loading

(escrito por Kaplan)
Meg tinha duas amigas lésbicas, Amélia e Ana. As duas eram namoradas firmes já havia um tempo e Meg foi a única pessoa que elas aceitaram na cama delas. Mas só de vez em quando e só quando as duas estavam participando. Elas eram tudo de bom, segundo Meg.

E vieram nos contar (sim, elas não se incomodavam com a minha presença) sobre alguns dias que passaram numa praia.

Recomendação nossa. Queriam praia com pouco ou nenhum movimento. Eu sugeri com pouco movimento e expliquei pra elas, que só as duas numa praia deserta tinha um certo perigo. Elas concordaram, então aceitaram a sugestão de uma praia que a gente tinha ido, com uma pequena aldeia de pescadores. Não teria hotel nem pousada. Se elas levassem barraca poderiam ficar perto, caso contrário, tinha uma senhora lá, viúva, que alugava um quartinho no barraco dela. Elas

toparam e conseguiram ficar mesmo nesse local.

Notaram que os poucos pescadores que moravam ali as olhavam, curiosos. Mas nunca se atreveram a falar ou fazer qualquer coisa com elas. Elas também não deram bandeira de ficar se beijando ou se abraçando perto deles. Conviviam, conversavam, e se amavam longe.

Já no primeiro dia elas colocaram biquínis, amarraram toalhas na cintura e se mandaram para um local mais longe. Quando viram que não havia perigo de ninguém as ver, aí sim, se beijaram bastante, para compensar as horas em que não puderam fazer isso! E já foram tirando os sutiãs, porque queriam ficar de topless ou talvez até sem nada… iam verificar a possibilidade.

Como, depois de algum tempo, não viram ninguém se aproximando, tiraram as calcinhas e puderam tomar sol peladinhas, nadar nuas… primeira vez que faziam isso e adoraram!
...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]