O hóspede dormia nu… Meg não resistiu

Loading

(escrito por Kaplan)
Uma pessoa que gostava muito de receber amigos e amigas que se hospedavam em nossas moradias, era a Meg. No caderninho dela, na relação de amantes, constam os nome de 14 hóspedes.

Um deles foi o Rafael. Cabra pacato, morava na cidade dela e veio conhecer a capital. Tinha um certo parentesco, era primo de quarto ou quinto grau.

E se hospedou conosco.

Ela ficou de levá-lo a vários locais e, portanto, no dia seguinte à chegada dele, vendo que ele demorava muito a se levantar, ela foi até o quarto para acordá-lo.

E teve uma grata surpresa. O Rafael dormia, só de cueca. E era daquelas cuecas antigas, chamadas de samba-canção. E ela viu que o pau dele saia pela abertura. E era um senhor pau.

Na mesma hora ela ficou curiosa em ver tudo, então chegou perto da cama, bem devagar, sem fazer ruído e começou a admirar o pedaço do pau

que estava visível. E viu que o bicho era grandioso, então não conseguiu resistir, abriu mais a abertura da cueca e pegou no pauzão.

Ter um pau na mão era algo que Meg adorava. E ficou mexendo nele e viu que ele crescia. Começou a desconfiar que o Rafael não estava dormindo…

Ficou em pé, encostada na parede, admirando aquela coisa linda. E resolveu logo o que iria fazer. Começou a tirar a roupa.

Rafael acordou quando ela ainda estava de calcinha.

Adivinhou o que iria acontecer. Sorriu pra ela, que devolveu o sorriso e tirou a calcinha, subindo na cama e pegando no pau dele e fazendo um boquete.

Nossa… como foi bom ver ele endurecendo totalmente dentro de sua boca! Deitou-se ao lado dele. Não conseguia tirar a mão do pau, não parava de punhetar o rapaz. E tome boquete!

E já foi sentando e colocando o pau dele dentro da ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]