Prá me vingar eu dei sonifero e transei…

Loading

Pode parecer estupro, ou incesto, mas depois de ler tire suas conclusões !! Eu na epoca tinha 19 anos, ( hoje tenho 40)Meu pai enviuvou quando eu tinha 17 anos e algum tempo depois ele se casou de novo com uma mãe solteira que tinha uma filha de 14 anos, não gostei muito de ter que dividir meu quarto com alguém ainda mais uma menina, mas tudo bem meu pai era muito legal e minha “madrasta”, que vou chamar aqui de Dna., também, eu trabalhava na feira e dormia cedo pois levantava as 4 da manhã prá armar as barracas , a minha e a de meu pai. Minha “irmã”, que vou chamar aqui de tata, dormia muito tarde e eu não tinha muita amizade com ela pois o unico dia que eu tinha livre nos finais de semana saia com minha noiva ou com alguns amigos e não gostava de leva-la comigo. Durante a noite uma vez ouvi ela fazendo uns barulhos meio estranhos e com respiração acelerada e mexia muito as pernas mas como eu tinha que dormir cedo não ligava praquilo. Um dia ao levantar, fui pegar minha bota que estava embaixo da cama e vi que tinha uma banana e uma camisinha suja. Achei aquilo estranho, e pensei em perguntar pra tata, o que significava aquilo. Mas meu pai me chamou e eu esqueci o ocorrido, Passado uns dias levantei de manhã e ao pegar a minha bota olhei enbaixo da cama da tata e la estava novamente uma banana e uma camisinha. Achei que ela estava se masturbando a noite porisso o barulho da respiração ofegante. pensei em comentar com ela ao voltar da feira, mas assim que eu cheguei a Dna. me chamou e disse que tinha encontrado uma embalagem de camisinha no quarto e me deu um puta esporro, Meu pai escutou e me deu um castigo de não sair com o carro durante um fim de semana. Tata escutou tudo e ficou quieta, não disse nada, no quarto a noite eu falei que sabia de quem era a camisinha, ela pediu desculpas mas não poderia assumir, poi

a sua mãe achava que ela era virgem ainda, mas ela tinha perdido a virgindade aos 13 anos na escola. Eu disse que ia me vingar que ela podia esperar. Passado alguns dias comprei um remedio prá dormir em gotas, pois a tata antes de dormir comia bolachas com leite gelado. Pensei agora me vingo, coloquei o remedio no leite, pois ela era unica que tomava leite em casa e fiquei aguardando. quando foi por volta das 10 horas, todos foram dormir e a tata já estava no quarto deitada, aguardei alguns minutos e fui ver no quarto do meu pai e eles estavam dormindo, dava até prá ouvir o ronco dos dois.

Voltei no quarto e tirei o lençol que cobria a tata que vestia somente uma camiseta de algodão e uma calcinha branca, e somente ai pude reparar em seu corpo. Ela tinha 1.50 de altura era ruiva e devia pesar en torno de 40 kl.+ ou -, era bem branquinha e tinha seios pequenos do tamanho de uma pera, cintura fininha e coxas lisas e bem feitas calçava sapato 34 e tinha um pézinho bem feitinho com dedinhos delicados, comecei a fazer cocegas no seu pé prá ver se ela acordava, mas ñem se mechia, então levantei a camiseta e comecei a beijar seus joelhos e depois suas coxas até chegar na virilha, tirei delicadamente a sua calcinha e pude ver a vagina pequena de com pelos ruivos e escassos, na verdade a vagina mais bonita que ja vi, não resistindo comecei a lamber aquela bucetinha e bem devagarinho fui abrindo as suas pernas, ela então se mecheu e a sua respiração começou a se alterar, abri a bucetinha dela com os dedos e enfiei a lingua lá dentro e lambia e chupava aquela bucetinha rosada ao mesmo tempo alisava seu cuzinho tambem cor de rosa. Senti sua respiração aumentar e isso me deu um puta tesão pois meu pau a essa altura estava prá lá de duro, continuei chupando e alisando seu cuzinho até ela estar toda molhadinha, então fui subindo, beijando seu unbigo, sua barriga até chegar nos seus ´peitinhos ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]