PRESOS NA CAMA

Loading
PRESOS NA CAMA

PRESOS NA CAMA

Letícia ---Onde está você animal selvagem?
Ana ---Não é o Pedro.
Letícia ---E quem é?
Ana ---Ana.
Letícia ---A namorada?
Ana ---É.
Letícia ---Prazer, Letícia, professora de Língua Portuguesa.
Ana ---O prazer é todo. Gosto de Português também.
Letícia ---Que bom. Em falar nisso, não judia do Pedro não, ele já é tão magrinho.
Ana ---Nossa! Vou judiar nunca! Eu amo ele! Amo demais, você não tem noção.
Letícia ---Sabe que ele gosta de você? Até falo com ele brincando, que você deve ser muito boa de cama.
Ana ---Você acertou! Sou ótima de cama! Deito e durmo!
Letícia ---Você mora onde?
Ana ---Moro em Inhumas. Conhece?
Letícia ---Não. Vamos trocar figurinhas? O que você faz sexualmente, que tem o Pedro preso até hoje? Conta aí e eu conto as minhas peripécias.
Ana ---Ah, eu jogo meu charme. Sou do tipo, que pode vir quente, que já estou fervendo. Acho que você conhece nossa história. Ele já te disse?
Letícia ---Tudinho.
Ana ---Que bom então, porque já nos tornamos íntimas, sem mesmo nunca termos nos visto.
Letícia ---O teu marido, deve ser muito bom de cama também.
Ana ---Não tenho nada que reclamar.
Letícia ---Os três, presos na cama! Dá pra escrever um conto erótico com isso.
Ana ---Igualzinho a dona Flor e seus dois maridos. Ás vezes parece engraçado, mas é complicado.
Letícia ---Eu queria morar numa casa com três homens.
Ana ---Eita!
Letícia ---Eu sendo a única mulher deles. Muito erótico! Já tenho até os três homens. Todos eles, dizem a anos que me amam. Mas acho que eles nunca iriam aceitar isto.
Ana ---Caramba! É tão bom falar sobre essas coisas!
Letícia ---Já pensou que beleza! Eu em casa, toda lasciva, cheirosa, só esperando eles chegarem do trabalho de forma aleatória. Um de cada vez...
Ana ---Ah...
Letícia ---Cada um teria o seu quarto. Quando um deles estiver com vontades, iria ao meu quarto, que ficaria com a porta aberta e tudo mais. Aí, os sons emitidos daquele momento, ecoariam nos ouvidos dos demais, que ficariam eretos. Ao término do primeiro, viria o segundo e assim sucessivamente. Poderia até ocorrer momentos com dois juntos, ou os três. O interessante disso tudo, é que os

três dizem que me amam, dizem que estão me esperando. Dizem que é só eu estalar os dedos e eles virão, dizem que não querem me perder e todos querem casar comigo. Assim, eu até fico com peso de consciência, me relacionando com um e os outros não. Pois os três, dizem a mesma coisa. Viu, como tenho espírito de piranha!
Ana ---Lógico que não linda! Disso eu também gosto e tenho que conhecer você! Acredita que hoje, eu estava no maior baixo astral e já estou animada com a nossa conversa.
Letícia ---Essa vida é boa!
Ana ---Mais é sério, eu amo demais o Pedro. Não sei mais o que fazer.
Letícia ---Não se preocupe; pois ele já se contentou em ser o amante. Basta agora, o seu marido se contentar com a situação também.
Ana ---Estive com o Pedro esse final de semana. Só que nada aconteceu! Nem teve graça! E eu fiquei foi com mais vontade.
Letícia ---Conta, não seja tímida, como é o Pedro sexualmente falando?
Ana ---Eu tímida? Nunca! Ah, ele é tudinho que eu preciso. É gostoso...
Letícia ---Credo! Para, se não eu fico aqui com vontades.
Ana ---Oh trem bom!
Letícia ---Para!
Ana ---Poxa vida, mais o Pedro é bom mesmo! E estou numa vontade de agarrar ele.
Letícia ---O Pedro vai vir hoje aqui em casa! Vamos acertar os panfletos de uma peça teatral.
Ana ---Olha que eu sou ciumenta, você nem imagina o quanto. Mas como você é do mesmo saco que eu, então eu libero.
Letícia ---Você é uma graça!
Ana ---Se estiver ocupada me avisa.
Letícia ---Nada!
Ana ---Eu não te atrapalho? Porque estou aqui neste programa de bate-papo de bobeira.
Letícia ---E você, está fazendo o que, além de teclar comigo?
Ana ---Sem nada pra fazer, estou no meu perfil e no perfil do Pedro, ao mesmo tempo. É o que mais gosto de fazer; pois nessa hora da tarde, é quando as piriguetes aparecem. Aí já sabe! Não vem que não tem!
Letícia ---Acho que o Pedro é certinho, ao menos ele gosta de você.
Ana ---Espero mesmo que seja certinho. Porque se não, não ganha mais! Fico de greve!
Letícia ---Sabe que nunca fiz ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]