PROLONGANDO MAIS O SEU PRAZER

Loading
PROLONGANDO MAIS O SEU PRAZER

PROLONGANDO MAIS O SEU PRAZER

Tony: próximo.
Letícia: sabe que ainda penso em você? E não deveria, depois de tudo...
Tony: tudo o quê?
Letícia: é a sua historinha de eu ser mais velha e blá, blá, blá, blá, blá...
Tony: perdoe-me, eu estava errado. Hoje reconheço isso.
Letícia: não devia nem querer saber de você, mas não consigo; pois alguma coisa a mais aconteceu naquela noite.
Tony: o que teve a mais naquela noite?
Letícia: não vou falar. Porque depois você vai me mandar rezar, não sei quantos Pai Nosso e tantas Ave Maria. E eu não vim aqui pra rezar.
Tony: vou fazer isso não.
Letícia: ah...foi mais que físico, eu consegui transcender o meu corpo. Aquele ato conjugal se tornou sublime, perfeito, semi-igual, sagrado. Eu era puro sentimento e zero carnal. Isso, porque eu me perdi em você.
Tony: hum.
Letícia: acho que foi a maneira de você falar comigo, a maneira de você me tratar, de me beijar, de me tocar. Ah... eu fiquei completamente apaixonada por ti.
Tony: ontem na igreja, sentou ao meu lado uma mulher que tinha o seu perfume. Aí você veio aos meus pensamentos de forma enlouquecedora e fiquei ereto instantaneamente. De noite, demorei pra dormir, pensando em você e tudo o que já vivemos. Quase não consegui dormir pensando em ti.
Letícia: hum...
Tony ---Não existe homem nenhum, que não sinta saudades de você Letícia. Tentei te ligar várias vezes. Sabia? Eu queria tanto te pedir uma coisa.
Letícia ---Fala.
Tony: será que a gente não

pode se encontrar, pelo menos mais uma vez e viver tudo aquilo que aconteceu na minha casa? Agora o meu coração acelerou mil por hora.
Letícia: por que repetir só mais uma vez?
Tony: vamos repetir então?
Letícia: com todos os prazeres.
Tony: mais ontem, ao sentir o seu perfume no ar, você se fez presente em minha frente. Virando a minha cabeça de forma líbida. Fiquei louco de tesão.
Letícia: sei.
Tony: lhe contando isso e tendo você aqui na minha frente, ele está latejando dentro da cueca.
Letícia: isso sim é uma coisa gostosa de ouvir.
Tony: não consigo ficar quieto aqui com você.
Letícia: deve estar muito delicioso...
Tony: estou muito excitado.
Letícia: gostoso, gostoso, gostoso...deve estar pingando.
Tony: você está me provocando.
Letícia: se estivesse aí, iria passar a língua por ca-da curvinha do seu corpo.
Tony: nossa, você é demais.
Letícia: passaria de leve, devagarzinho, sem pressa alguma. Para prolongar mais o seu prazer.
Tony: nossa...você esta acabando comigo...ai, ai, ai...
Letícia: iria esfriar a sua pele, ou fazê-la esquentar ainda mais.
Tony: ai.
Letícia: devagarzinho, ca-da pe-da-ci-nho do seu corpo. Até que minha língua encontrasse com o seu pênis duro.
Tony: nossa...eu vou gritar de tanto tesão...
Letícia: e passarei a língua, mo-lha-di-nha sobre a cabeça do seu pau.
Tony: gostosa. Imagina eu chupando sua boceta.
Letícia: ai...seria de-va-gar-zi-nho?
Tony: sim.
Letícia: estou morrendo de vontade de ser penetrada por você.
Tony: vou meter...meter...meter em você bemmm gostoso.
Letícia: ahhh... Você vai me fazer gemer no seu ouvido?
Tony: farei você gritar no meu pau.
Letícia: vai me dar prazer constante e incessantemente?
Tony: sim...sim...sim...
Letícia: ah...
Tony: imagina eu mordendo você, ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]