Putarias de uma viagem.

Loading

Como eu amava a cambada daquela escola! Foram três anos de estudos com uma galera incrível do Instituto de formação de professores. A despedia tinha que ser inesquecível!

Não poderíamos receber presente melhor. A direção da escola premiou as duas melhores turmas de terceiro ano com uma excursão fabulosa para Ouro Preto, Minas Gerais. Fala sério se não é uma viagem dos sonhos pra uma cambada de adolescentes de escola pública.

As meninas da minha sala ficaram enlouquecidas com os 8 meninos da outra turma. Hoje em dia fico imaginando a sorte desses meninos que tiveram aos seus pés 28 meninas assanhadas. Eram quase 4 meninas pra cada um dos garotos. Detalhe, eram 8 garotos lindos cercados pela vigilância ferrenha de 6 adultos designados pela escola para nos acompanhar na viagem pelas vilas históricas do ciclo da mineração no Brasil.

É lógico que a direção da escola não iria levar pra uma excursão de 4 dias um bando de sem noção sem um bonde de coroa chato

pra tomar conta da galera. Para o pelotão da guarda haviam 4 professoras, 1 professor e o pai da Tatiane.

Embarcamos meia noite de quarta-feira. Logo nos primeiros minutos de viagem a agitação era generalizada dentro do ônibus e o clima de azaração já estava instaurado. O gato mais cogitado era Robson. Esse já tinha nas mãos metade das meninas do ônibus. Eu dava uns molinhos para ele, mas o que me chamava mais atenção era Daniel, em quem eu estava de olho e queria pegar fazia tempo.

No meio daquele furdunço da galera me chega Lara com um comentário aos meus ouvidos:

- Tu viu o pai da Tati?

- Eu não!

- O cara tá pirando nas meninas! Olha ele!

- Credo Lara! Deixa o tio se divertir com as palhaçadas das meninas!

- Tu viu como ele é gato Sibila?

- Eita! Já vi que tu vai cair matando pra cima do tiozinho!

- Se ele der mole eu traço mermu, tá ligado!

Em seguida nos distraímos com os outros ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]