que tarde incrivel

Loading

Era a tarde, 2:15 quando o telefone toca, atendo e ouço aquela voz que tanto me enlouquece, me convidando pra dar uma volta, sem esitar aceitei nem pensando que poderia acontecer algo, chegando ao local marcado encontro Alan, um antigo amigo de escola e um cara muito gostozo, ele estava usando uma calça jeans e uma regata, já eram 2:45 e nós estávamos em um parque sentados no banco perto do lago. Tinha sol mas não estava quente, após alguns minutos de conversa sobre os tempos da escola e sobre os antigos amigos entramos no assunto de futuro, ele me perguntou se eu estava namorando e respondi que sim, nisso ele deu um sorriso malicioso e disse-me # lembra daquela nossa conversa a dois anos atrás? Quando nós falávamos sobre o futuro? Você me disse que quando estivesse namorando sua maior vontade era de trai-lo com um amigo seu. Lembra-se? # estremeci na hora, lembrei do que havia dito e sabia que esta minha vinda ao parque não seria apenas um encontro com um antigo amigo e sim, uma tarde de loucura, eu sinceramente não fiquei constrangida ou assustada com a deixa de Alan pois sempre gostei muito dele, não apenas como amigo pois já havíamos ficado algumas vezes nos tempos da escola. Após alguns instantes de silencio ele diz # então Dani? Você lembra ou não? # , #

lembro é claro, e minha vontade ainda continua como antes # essa era a deixa que ele queria # para saber se eu estava afim ou não#, nisso Alan me deu um beijo longo e molhado, daqueles que você só fica pensando, tomara que o tempo pare, eu nunca havia dito para ele, mas aquele beijo sempre me enlouqueceu e com o passar dos anos ficou mais delicioso ainda. Nós combinamos para onde iríamos e indo em direção ao seu carro ele me diz # Dani, tu não vai se arrepender viu? # só dei um sorriso e o acompanhei, sem pensar no que eu estava fazendo, o tesão já era grande e minha vontade era de agarra-lo ali mesmo. Entramos no carro e seguimos para o local combinado, ele estava concentrado no transito e por este motivo não notou minhas olhadas indiscretas para seu corpo, que com o passar dos anos, ficou mais bonito ainda. Após minutos intermináveis no carro, chegamos ao local # um motel, bem afastado mas muito bunito # entramos e já fomos tirando nossas roupas, minha vontade de realizar aquele desejo era grande e nem me importava com o fato de estar prestes a trair a pessoa que tanto amo. Ele me beijava loucamente enquanto ia deslizando sua mão pelo meu corpo, e não preciso nem falar que nessa hora eu já estava louca ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]