Tia Raquel, a titia gatona

Loading

Minha mãe Eva era uma senhora muito chata e conservadora. Não tinha como ter outra imagem do que a de brava, implicante e principalmente mandona, sim ela mandava em mim de todas as formas, mas o inexplicável aconteceu, e em uma das ordens me obrigou a ajudar a escolher roupa para ela vestir com a visita de tia Raquel. Tudo normal até ela tirar a roupa na minha frente e revelar um bundão. Tudo isso contei no conto anterior (Aproveitando da ajuda para ver o bundão de Mamãe).
Tia Raquel surge com um homem da minha idade e aquilo traria grandes surpresas.
Raquel: Oi Felipe como cresceu, está um gato. Esse é meu namorado Paulo.
Felipe: Gata está a senhora tia.
Raquel: Eu sei, kkkkkkk, mas só olhe, estou comprometida.
Olhei de cima a baixo, Raquel estava muito gostosa.
Felipe: Tu é um cara de sorte Paulo. Aceitam um café? Minha mãe já está vindo.
Raquel: Relaxa, você nos faz companhia, meu gatinho.
Felipe: Claro tia
Raquel: E as namoradinhas?
Felipe: Namorei duas vezes, mas mamãe implicava com elas e terminamos.
Raquel: Sua mãe é uma tonta conservadora, precisa de rola.
Mamãe chega a sala e vê Paulo.
Paulo: uau que gata. É mais linda que imaginava.
Raquel: Relaxa, ele é meu namorado.
Eva: Tão jovem
Raquel: Sim jovem como seu filho. Jovens são maravilhosos em tudo, principalmente na cama. Você deveria conseguir um pra você.
Eva: não é meu tipo de homem.
Paulo entra na conversa.
Paulo: é você Felipe já admirou a

beleza de uma mulher mais velha? Não são sensacionais?
Felipe: muito, principalmente se for bunduda.
Mamãe olha espantada
Eva: Nunca te vi com mulher mais velha.
Felipe: Relaxa mãe, só disse que admiro.
Eva: Ah bom.
Raquel: Larga de implicar com o menino.
Nós quatro continuamos a conversar, Raquel era muito diferente no jeito em relação a minha mãe, estava amando aquela visita, minha tia gostosa.
Caiu a noite, jantamos e conversamos mais um pouco. Mamãe foi deitar. Paulo também, estava cansado de tanto dirigir até aqui.
Raquel: Meu gatinho, só tem a gente aqui?
Felipe: Sim tia, fique a vontade.
Raquel: Obrigada, vou tomar um banho.
De repente.
Raquel: Feliiiiiiiiiiiipe, Feliiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiipe. Toalha.
Entrei e vi tia Raquel totalmente peladinha.
Raquel: Não disfarça. Olha a vontade. Você é homem agora meu gatinho.
Felipe: Você é um espetáculo. Muito gostosa.
Raquel: Olha minha bunda. Gostou?
Felipe: Muito.
Raquel: Só olha. Sou comprometida.
Felipe: Perfeita.
Raquel: Me espera na sala, precisamos conversar.
Fui a sala e tia Raquel chega de camisolinha branca. Que gata.
De repente tia Raquel se aproxima e senta no meu colo.
Imediatamente meu pau ficou duríssimo.
Raquel: Você foi tão formal nas mensagens. Se esqueceu de mim meu gatinho?
Felipe: Nunca minha gatona.
Raquel: Se lembra quando você dizia que queria ser meu namorado. Sua mãe ficava louca. Ela sempre foi uma conservadora sem graça.
Felipe: Era meu sonho ter uma namorada gata.
Raquel: Fiquei sabendo que você teve duas e aí eu que fiquei louca, de ciúmes.
Disse ela me tocando e me beijando deliciosamente.
Nos beijamos loucamente e nos lembramos ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]