Titio cuidou bem de mim:3de3:by Amanda/PR

Loading

OI SAFADOS E SAFADAS,OBRIGADA POR ME ATURARREM ATÉ AQUI,ESSA PARTE,A 3DE3,É MAIS LIGEIRA,MENOS DETALHADA bem,titio esporou dentro de meu cuzinho com eu sentada,deitada de costas pra ele na cama,ficamos sorridentes por isso e logo ele levou as mãos nos meus seios e com eu esticando as pernas na cama deitei meio de ladinho no seu peito e ficamos nos beijando com muito tesão ambos bem cansados,eu mais com certeza,titio ainda tem fôlego de sobra pra cuidar de todas as putinhas que babam por ele,quero o meu pedaço claro pois alem de putinha sou sobrinha dele,a família tem preferência né,por favor,ficamos nos beijando e numa ajeitada de titio na cama seu pau já meio mole saiu todo de meu rabinho,soltamos ambos um sorriso de satisfação nisso mas titio manteve uma mão nos meus seios e a outra no meu rosto e voltamos a nos beijar mas eu ao sentir algo escorer no meio de minha bundinha levei a mão de minha xana pro meu cuzinho já o apertado e senti meus dedos serem melecados pela porra de titio que vazava de meu cuzinho todo esfolado como pretendíamos,enfiei dois dedos no meu rabo gozado soltando a boca de titio e falei”ah!queria que gozasse na minha boca seu gay ahh!!”e ouvi titio trazendo minha boca devolta pra sua”desculpa menina mas quis gozar em você todinha”na hora lá nem me toquei mas agora aqui acho que titio quis dizer que tinha dado uma gozada em cada um dos meus burraquinhos,uma na minha boca,uma na bucetinha e outra no meu rabo,mas faltou meu nariz titio bobo,adoro coisa branca no nariz tio,to viajando aqui,to escrevendo demadrugada,bem,ficamos nos beijando com eu esfregando seu gozo na minha bunda toda até que falei devolta que queria levar na boca e nisso titio disse nitidamente relaxando de vez na cama”pode deixar putinha…vou te dar bastante na boca ainda hoje mas agora vamos sossegar um pouco”fiquei olhando pra ele que me deu mais uns beijinhos e disse”não fica tristinha vadia…vamos descansar só um pouquinho e já volto a te fuder”eu sorri com titio sempre sacana e ele carinhosamente me desceu de seu colo,peito pro colchão,lado já me pondo deitada ficando deitado de ladinho do meu lado me segurando protetor como um bom titio,ele voltou a me beijar e nisso sem perceber pus a mão melecada por sua porra nas suas costas,titio então sentiu um grud grud e me espancou na cama por eu ter cometida aquela falha,me deu altos tapas na cara,claro que não né,ele afastou a boca de mim,segurou meu braço e voltando a ficar sentado,deitado de ladinho do meu lado ficou balançando minha mão no ar e disse me divertindo”credo,que negocio é esse na tua mão menina?….anda brincando do que essa moleca?….meteu a mão aonde safadinha?”eu fiquei toda boba com titio me fazer sorrir como criança alegrinha,eu ainda sou meio criança alegrinha e adoro ser,titio então segurou nessa minha mão esfregando,secando seu gozo em nossos dedos e falei”para…idiota….tava…tava brincando com titio….mamãe,ele me levou pra brincarmos na cama mamãe”titio ficou me olhando encantado com o nível de minha sacanagem e disse vindo me beijar”safada…cala a boca menina,não fala besteira…é só eu e você aqui,entendeu?…eu e você só”eu fazendo sim com a cabeça abri a boca e a fechei já na boca de titio novamente,nos beijamos num clima de tesão intenso até titio esfriar tudo ao se afastar de mim e puxando,tirando a colcha de debaixo de mim falou”fica ai quietinha,nada de fugir….deixa eu te cobrir…já volto,vou eu agora dar uma mijadela”eu erguendo a bunda da cama”ta,fico sim,quietinha….ta….ai! babaca…não precisa me contar que vai mijar seu burro,que nojo”ele já pondo a colcha encima de mim”ai!…sai pra lá o fresca….essas patricinhas me matam de tesão”ele foi saindo da cama mas eu não podendo ouvir aquilo calada falei”heim,patricinha o caralho… não sou patricinha tio”mas ele virou as costas pra mim e indo peladão pro banheiro ainda me disse”ah!ta bom…claro que não é né,sei sei”eu indignadinha na real na cama falei mais alto com ele se afastando”não tio…não sou mesmo,capaz”ele então olhou pra trás e me acalmou,um pouco só mas valeu,ele”ta…ta bom…meia patricinha então,ta bom sua reina?” eu fiquei sem palavras com titio sei lá,sacando,sabendo tudo de mim,do meu caráter,sim, confesso,sou levemente patricinha mas levemente mesmo,tipo,detesto a companhia de patys,bem,titio entrou no banheiro fechando educadamente a porta pra me privar de seus sons,eu me virei de ladinho na cama ajeitando a colcha deliciosa no meu corpo quente e exausto,puxei um dos travesseiros,sim,titio sempre tem dois travesseiros na sua cama,puxei um deles mais pra baixo de minha cabeça e fiquei confortavelmente quietinha na cama escutando alegrinha de leve titio no banheiro,devia passar com certeza das 3Hrs da madrugada já,bem,titio ficou uns dez minutos no banheiro,cinco,sei lá,eu tava quase cocilando mas assim que ouvi a porta do banheiro sendo aberta eu voltei a ficar acesa na cama mas fiz carinha de menina cansadinha e fiquei olhando titio voltar pra cama,ele deitou debaixo da colcha comigo e já me mãozeando e beijando disse”ta com sono?….cansou já?ta cedo ainda….quer…comer algo?…digo,alem de comer eu né sua safada”eu sorri buscando mais um de seus beijos e falei”cedo nada mas nada de cansar também….bobo,só quero comer você mesmo…ou melhor né,quero que você me coma…me come titio,me come titio”falei sorrindo toda boba,titio sorriu muito com eu o provocando e começou então a me comer só com a boca e as mãos,continuamos cobertos pela colcha macia e titio querendo me devorar todinha,aproveitar ao máximo aquela oportunidade de ficar a sós com sua sobrinha predileta,nada de Shuellen titio,longe dela,ele ficou me acariciando e me beijando na boca e nos seios com muito tesão me dando muito prazer e sabem o que aconteceu?——————————————————————————————————————-bobeira e desnecessário detalhar tudo tudo que rolou entre nós dois aqueles dias, concordam?espero que sim,bem,aconteceu que logo ele meteu as mãos nos meus burraquinhos e nisso eu já muito escitada meti as mãos em sua pica e logo estávamos trepando novamente sendo que dessa vez sob o lençol e não sob a colcha que jogamos no chão,nós também nos jogamos no chão num momento e foi uma trepada parecida com a primeira mas foi num ritmo um pouco menor,foi um pouco menos agitada e mais carinhosa e por isso adorei muito,tipo,nos tocamos com calma e nos beijamos mais do que a primeira, digamos que senti titio mais apaixonado do que tarado por mim nessa vez,deixa eu vê um boa dessa vez pra citar,sei lá,todas as posições,metidas de titio foram boas como sempre né mas uma legal foi quando fiquei deitada no chão de bariga pra cima e titio entre minhas pernas ficou deitado encima de mim mas não grudado no meu corpo,ele ficou apoiado com as mãos no chão e parado e nisso é que foi legal por que enquanto ele me beijava sem parar eu mexendo meu quadril no chão levava e trazia minha bucetinha no seu cacete,outra legal foi quando ele ficou de pé e me pegou no colo,abracei a cintura dele com minhas pernas e ele ficou me abraçando com eu encaixada com a xana em sua pica,depois claro ele novamente fudeu meu cuzinho o quanto quis né,lembrei,quando fomos partir de minha xaninha pro meu rabo titio antes me ofereceu seu pau pra eu chupar,eu já meti a boca e titio adorando minha mamada deitou relaxado na cama e nisso fiquei o chupando por sei lá, quase meia hora talvez tendo no final minha boca enchida pela porra quentinha de titio como recompensa,fui engolindo assim que o creminho foi saindo da pica já que titio tava de pau pra cima,ergui o corpo e me lambi toda sem largar a mão do cacete de titio já assim o deixando novamente duro com minha punhetiada e então tratamos de estourar mais meu cuzinho,bem,num ritmo mais suave gozei apenas duas vezes em quase duas horas de folia na cama,no chão,mas senti muito prazer ao longo de toda essa trepada tendo titio me olhando carinhoso e sorridente nas duas vezes que alcancei o gozo máximo,ele gozou três vezes,lembro claramente disso,a primeira ele tirou o pau de minha xana e esporou no meu rosto,reinei brincalhona dizendo que queria na boca e na segunda fui atendida naquela que fiquei o chupando na cama e sua terceira gozada fechou,encerou a transa,ele fudia meu cuzinho montado encima de mim,eu exausta,capotada de bariga pra baixo na cama só não pedindo pra pararmos por teimosa que sou mas ele vendo eu cansadinha,quebrada de tanto pau,ficou fudendo com calma meu rabinho até deitar seu corpo encima do meu e gozar tudo dentro de meu cuzinho me matando de prazer ao ficar gemendo no meu ouvido,sinto muito prazer ao ver aquele puta cara gostoso tendo prazer comigo e acho que ele sente algo semelhante ao meu respeito,respeito nada,não temos respeito um pelo outro,temo tesão, atração,carinho,vontade de trepar toda hora como o outro isso sim,respeito e termo de chato ,to viajando aqui,bem,fiquei quietinha na cama com titio delirando de prazer encima de mim e a transa terminou ao ele pôr a mão no meu rosto e o virando pra me beijar dizer ”valeu né menina….você me faz bem Amanda…te adoro,muito….acho que por hoje deu né pra matarmos o desejo”ele disso isso me dando beijinhos e eu respondi balançando de leve a cabeça positivamente e dizendo”é….hã hã…deu né,deu sim…to quase dormindo”falei sorrindo e ele então saindo de cima de mim falou”ta com sono a diaba então?….heim,ta com fome?eu busco algo..quer?”me mantendo no lugar,quietinha e fudida na cama falei vendo com os olhos cansados titio ajuntando a colcha do chão,eu”é…quero sim”titio me cobriu e eu apenas levei a cabeça mais pra cima do colchão repousando ela no travesseiro, titio me beijou acariciando meu rosto e disse brincalhão”ta legal…já volto…agora vamos comer de verdade na cama né”mas eu pouco sorri,ele pegou e vestiu um calção pendurado ali por perto me falando carinhoso algo a mais mas eu mal ouvi e quando ele saiu do quarto pra buscar algo pra comermos eu dei uma encolhidinha na cama já bem quentinha e adormeci esgotada,sem ter mais forças nem pra mastigar qualquer agrado que titio fora buscar,adormeci com o cuzinho recheado com a porra de titio,me dá prazer pensar nisso, bem,devia ser um pouco pra lá das 5Hrs da madruga,no total creio que trepamos por mais de 4 horas,adormeci peladinha e fudidinha na cama acolhedora de titio Flavio,adoro,amo ele porra,merda,amo mesmo,bem,titio deve ter voltado com algo nas mãos mas ou levou devolta pra cozinha ou comeu tudo sozinho por que no outro dia não vi nada por perto, depois disso ou de aquilo ele de calção deitou do meu lado e deve e espero que tenha me acariciado carinhoso enquanto eu dormia profundamente sob sua atenção e seus cuidados, enquanto isso mamãe e Dinda já com certeza dormiam na casa de meus avós,dormiam bem e alegres pela festança daquela noite e sossegadas comigo e com meus priminhos por terem certeza que eu dormia com eles os cuidando,e quem ia cuidar de mim mamãe?corri pro quarto do titio né,bem—————————————————————————————————————–MAIS TRÊS DIAS DE FÉRIAS—————————————————————————————————————-acordei então com a vozes alegrinhas e altas de meus priminhos pela casa,eu tava morta de cansaço,era quarta-feira só pra situar,senti o corpo de titio junto ao meu na cama e senti muito prazer por isso e por já lembrar do que havia rolado ali a poucas horas,quis muito ter ficada dormindo mais ao lado de titio mas olhei no relógio na parede e vendo que eram já quase 9Hrs resolvi levantar,titio dormia profundamente e não quis o acordar,na verdade eu tava é querendo sumir logo ali do quarto por medo que a turma aparecesse na chácara,então agindo rápida mais silenciosa pra não acordar meu macho,meu nada né,que pena,sai da cama,peguei no chão minhas roupas,me vesti e sai do quarto com um pouco de medo que meus priminhos me visem saindo o quarto de nosso titio querido mas os pestes tavam lá fora eu acho e deu tudo certo, na cozinha encontrei e dei bom dia pra dona Lucia e a velha me tratou normal e bem mesmo nitidamente não achando legal,correto eu e titio nos envolvemos,ela me deu umas poucas palavras de carinho,outras de alerta,ouvi compreendendo a preocupação dela mas logo deixei a velha falando sozinha e fui lá fora mimar um pouco meus priminhos e plantar um argumento com eles,corri,me bobiei um poucos com os dois e então falei”dormiram bem né”eles”claro…é sim sua boboca”eu então pra caso mamãe e Dinda perguntassem depois falei pro dois”legal então….era pra eu dormir com vocês mas….mas fui dormir no outro quarto,não ficaram com medinho do escuro né seus medrosos”eles já começaram a me xingar alegrinhos e tudo plantado,caso fosse questionada eu diria que dormir no outro quarto por que ficaríamos muito apertados os três numa mesma cama,falaria com carinha de mimada que eu não iria conseguir dormir com os dois pestes do meu lado e que eu tava muito cansada pela festa e tal,bem,então logo escutei titio conversando com dona Julia na cozinha e abandonei meus priminhos denovo e logo eu e titio sob os olhares complacentes de dona Julia fomos pra salinha escondida num canto da casa e ficamos lá vendo TV grudados no sofá nos beijando lentamente cheios de tesão um pelo outro,eu tava totalmente a vontade pra fazer isso pois a velha obedece cegamente titio e priminhos estavam enlouquecidos brincando lá fora,fiquei cansadinha no peito de titio ouvindo ele”foi boa a noite né….você é linda demais Amanda….não pensa em nada ta,não sei lá,não se culpe por porra nenhuma,você gosta de mim,eu gosto e você e é isso”tava deliciosos o colinho de titio com ele muito carinhoso comigo mas logo a velha da dona Julia apareceu na sala dizendo,praticamente mandando eu ir comer na cozinha com meus primos,ela apesar de tudo ainda me trata sei lá,como criança,como a netinha da família,o mais doido é que eu e titio nos mantivemos grudados e nos beijamos na frente dela,titio brincalhão e sacana disse pra eu me alimentar direito se não mamãe ficaria triste por ele me esgotar,sorri brabinha por ele tocar no nome de mamãe mas lhe dei mais um beijo e fui pra cozinha acompanhada de dona Julia e tomei café da manha junto com meus priminhos e dei belas risadas e fiz os dois rirem também,titio me tratou tão bem que até consegui ser legal com meus primos uma vez na vida,eles me acham uma chata,bem,logo titio apareceu todo arumadinho e após brincar um pouco com meu primos na mesa se mandou de carro indo como administrador cuidar da chácara e de seus negócios,claro,na saída ele me deu tchau me encarando nos olhos mas não pudemos nos beijar na frente do dois pestinhas e assim o dia seguiu normal em família, toda a família foi pra chácara,toda,não perguntaram nada sobre como tínhamos passado a noite,se dormimos juntos,pra mim ninguém perguntou nada e pros

meus priminhos até onde sei também não,aquele almoção em família com eu e titio trocando rápidos olhares, detarde me levaram pra missa pra eu pagar meus pecados(mais detalhes sobre os dias você pode ler no semanal 023,beleza?)depois voltamos pra casa de meus avós exceto priminhos que quiseram e tiveram mais um dia na companhia de nosso titio adorável,se eu tivesse pedida isso tenho certeza que teriam estranhado,ta louco,injusto isso,denoite Dinda ficou grudada em mim já que seus filhos tinham a abandonada,curti muito seu carinho assim como o bom astral de mamãe comigo e também a sempre agradável companhia de vovôs mas fiquei quietinha,tava muito moída,cansadinha ainda pela noite anterior agitada, prazerosa e mal dormida,tava sonolenta e não cumpri bem meu papel de única neta presente,a pintadinha querida da família não estava sorridente,abobalhada e nem se quer teimosinha aquela noite,dessa vez os animei apenas com meu jeitinho menina frágil,menina quer mimi e logo fui mesmo dormir mas sem tirar titio da cabeça já alegrinha por ter trepada com ele,deitei satisfeita tocando e sentindo meus burraquinhos ainda frouxos,moles pelo trato de titio e adormeci não imaginando e nem pretendo algo pro dia seguinte,mal sabia eu—————————————————————————————————————-DOIS DIAS AINDA—————————————————————————————————————–quinta começou e seguiu como um dia normal de férias de julho em família com eu sendo paparicada e atendida a toda hora por mamãe e principalmente por Dinda,almoçamos nós três e vovôs com eu fazendo todos rirem com meu jeitinho tontinha devolta a cena,detarde liguei pra minha amiga cadela lá na nossa cidade no PR,Fernanda o nome dela,eu,só eu,só mesmo,eu a chamo de Nanda e ela,só ela me chama da Mandy,todo esse carinho é por que somos mais do que apenas amigas vadias uma da outra(entendam lendo os contos 17089—Por dinheiro virei virgem—–&—–17425—Nós duas sozinhas em casa—)ficamos as duas putinhas mais famosas do nosso bairro conversando por um bom tempo e eu toda boba e longe dos olhares,atenção dos outros na casa contei pra guria o que havia rolado entre eu e titio,ela chegou a gemer de satisfação por me sentir alegre,contente,ela cuida e mim varias vezes quando to mal,ela me escitou falando umas putarias como sempre safada comigo e desligamos,conversar,contar as novidades pra vadia fez eu molhar um pouco a bucetinha mas aquela tarde me reservava prazer mais intenso,logo mamãe foi pro clube da terceira idade com meus avós e fiquei só com minha linda Dinda na casa e nós duas trepamos,claro que não né,deus me livre,eu é só com a Nanda,ficamos eu e Dinda na casa,ambas recusamos o convite de irmos juntas no clube da terceira idade mas ela tinha motivo,eu também na verdade,o meu era falta de vontade né mas a questão é que Dinda preferiu aquela tarde ir na casa de uma prima,de uma amiga,colega de adolescência,bem,Dinda logo tava arumada e me convidou pra ir junta mas recusei,eu não tinha nada em vista,apenas tava afim de ficar sossegada na casa,ela me informou onde estaria caso perguntassem e saiu falando sorridente que ela e a prima tinham varias historias pra relembrarem,sei não,sei não vovô,fica de olho nessa menina,eu me acho mas as fotos de Dinda jovem me humilham e quando crescer,ficar velha quero ficar como ela,bem,então fiquei sozinha na casa de meus avós,devia ser perto das 3Hrs isso,tava um dia ensolarado e não pensei duas vezes,ainda meio fraquinha pela sura de pau dada por titio liguei o radio e sentei do lado da casa debaixo do sol pra que ele na sua imensa bondade e poder me revitalizasse o corpo,credo,fiquei como uma lagarta observando o pouco movimento na rua,cada carro que aparecia era algo novo naquela tediosa e deliciosa tarde quente,adoro,amo o sol,vou pro nordeste,não,amo o sul,papo besta e não papo pra um conto,cada carro que aparecia tinha minha atenção mas então apareceu um que foi alem disso,me tirou do transe solar,era o carro de titio Flavio chegando e parando na frente da casa,eu sozinha já fui molhando a calcinha legal sabendo o que aconteceria quando titio notasse eu sozinha lá mas logo avistei meus priminhos com titio e fiquei com a calcinha geladinha na minha bucetinha,me mantive sentada do lado da casa contra a parede meio fora da visão de titio e fiquei tentando entender como ele saberia que eu estava sozinha na casa pra vim atrás de mim mas quando meus priminhos passaram por mim,eu trancara a porta da frente,e vi titio vindo pelo mesmo caminho me olhando normal e meio perdido não vendo,escutando o resto da turma eu me toquei e senti muito prazer pela sorte que demos pois ele havia vindo apenas trazer meus priminhos e agora estávamos com a casa só pra nós,fiquei sentadinha no lugar o encarando e ele”oi preguiçosa”eu já o atiçando com meu olhar de putinha”oi….vagabundo”ele sacou e”eu vagabundo e você vagabunda né menina” ele disse sorrindo por ainda não ter noção exata da situação,da casa vazia,mas eu consciente de tudo dei apenas um sorrisinho e falei já pulsando meu cuzinho de vontade”to sozinha aqui sabia?…veio cuidar de mim devolta?”ele já interessado”é?…todo mundo saiu?…posso cuidar sim mas onde foram todos?”nisso ele foi caminhando pros fundos da casa pra olhar onde seus sobrinhos queridos estariam,levantei e indo junta conversamos deliciosamente sacanas sobre a situação,contei onde todos tinham ido e nisso ele após dar uma olhada porta a dentro nos meus priminhos pulando pela casa já meteu a mão na minha cintura e disse vindo me beijar”então vamos ter que aproveitar essa oportunidade né safada”eu mesmo tendo um pouco de medo de sermos pegos no flagra pro priminhos não resisti ao tesão e beijei titio nos fundos da casa de vovôs,titio logo tava com as mãos na minha bundinha a mãozeando toda e quando falou”quer que eu cuide de você então?”nisso eu dei uma contorcida proposital grudando meu corpo ainda mãos no de titio e empinando a bunda falei”hã hã…que acha?….claro que quero seu gay”ele sacou eu me fazendo de putinha e então me tratou deliciosamente assim,titio me abraçando,beijando me levou um pouco mais pro lado pra ficarmos mais escondidos perto da garagem e meteu a mão por trás de mim no meio de minha bunda,nos meus burraquinhos,por cima da calça e falou com a outra mão acariciando minha cintura,costas,ele apertando os dedos no meu cuzinho e na minha xaninha”ta legal safada…putinha quer pau toda hora né…..pode deixar então…vou levar os moleques pra mãe deles e já volto pra te comer todinha devolta”eu gemia de prazer mas falei com as mãos no peito dele tentando me afastar por medo de meus priminhos nos verem”taahh!!….ah!mas…ah!ah!..vai então…parah!ah!tio”ele ficou me segurando mas então ouvimos priminhos vindo pra fora e titio desgrudou de mim e fiquei ofegante na frente de meus priminhos ingênuos,ainda bem,enquanto titio já os convencia de levalos até sua mãe, com eu já bem escitada por poder daqui a pouco ser novamente fudida por titio ele convenceu fácil meus priminhos a irem até sua mãe ao dizer pros pestinhas que na casa da tal prima tinha um terreno legal,uns ranchos pra eles explorarem e meus priminhos já tavam querendo ir logo pra lá,os dois mandados por titio foram calçar uns tênis dentro da casa e nisso titio meteu a mão na minha nuca,me deu um baita beijo e falou com a outra mão repousada suave mas sacana na minha bundinha”deixa tudo pronto por aqui que eu já volto e daí cuido de você minha lindinha”eu com a mão em seu rosto mastiguei legal sua boca e falei”ta bom”e foi isso,enquanto titio levou meus priminhos pra mãe deles eu fiquei dentro da casa me pegando toda hora com a mão na buceta ansiosa por pau como uma boa putinha, fiquei obviamente de olho na janela e quando vi titio voltando após longos dez minutos me deu até frio na bariga sabendo o que aconteceria quando ele entrasse,ele desceu do carro e passando na frente da casa me viu pela janela de pé na sala e ficamos nos olhando sérios, titio deu a volta na casa entrando pelos fundos,escutei ele fechando a porta e em saber como agi sentei no sofá ao titio aparecer na área da cozinha e sala que ficam juntas mas ele sabia bem como agir por não podermos vacilar com o tempo,titio vindo me encarando até mim”sim,não mandei você deixar tudo pronto sua safada?”ele sentou do meu lado já vindo deitando encima de mim e eu deitando pra trás não falei nada já deixando minha boca a sua disposição e nos beijamos com tesão intenso tanto que quando titio meteu a mão na minha bunda falando”pensei que ia chegar e te encontrar já peladinha menina…gosta de me dar trabalho né”eu adorando tudo aquilo quis e fui safada com ele levando minha mão de sua cintura direta no seu cacete já duro dentro das calças e ficamos nos esfregando no sofá falando sobre o horário de volta da turma,ficamos tranqüilos a respeito de mamãe e vovôs pois o clube do velho ia até as 6Hrs mas titio não tendo certeza de quando Dinda podia reaparecer já foi puxando minha camisa folgada pra cima e soltando meus seios do sutiã e eu já delirando sentindo seu pau duro na minha mão falei o apertando e desejando”me fode toda?…todinha?…fode minha boca então titio…deixa eu chupar?”titio nisso ficou só mais um pouco sacana comigo e sabendo que eu adoro ser tratada como vadia ficou de joelhos encima do sofá e tirou minha camisa,soltou abio meu sutiã,o tiramos e titio levando suas mãos em sua camisa social falou me deixando de mãos livres”vai então Amanda…tira meu pau pra fora e chupa vagabunda”eu sentadinha no sofá já meti as mãos na calça de titio e com ele tirando sua camisa eu abri sua calça e a pica saltou pra fora da cueca me deixando de boquinha aberta e olhos estáticos e brilhantes,eu já babando me pus a punhetiar o cacete sem tar numa posição boa pra já meter a boca mas titio já sem camisa levou a mão no meu rosto e com a outra segurando minha mãe em seu pau falou sentando no sofá”vem cá safadinha…mama,mama bonitinha então”ele ficou acomodado e eu ergui o corpo e falei sorridente o olhando”ta bom…ta quentinha pra eu mamar titio?”ele trouxe minha cabeça pra nos beijarmos falando”ta…ta sim….bem quentinha pra putinha”demos um beijo e deitando nas pernas de titio me pus a chupalo legal e logo titio havia aberto minhas calças e tava com a mão por trás de mim e por dentro da calça acariciando minha xaninha por cima e por dentro da calcinha mas eu logo desci do sofá ficando ajoelhada entre as suas pernas chupando,lambendo sem parar sua pica com ele acariciando meu cabelo até que falei punhetiando o pau adorando o vê duríssimo,falei me levantando já com buceta bem molhadinha”vem….me fode lá encima…quero ficar toda esfoladinha devolta”titio sendo puxado pelo pau levantou e disse”safada…gosta de falar merda né,adora provocar…depois apanha de pau e fica cansadinha”gosto mesmo e falei”mas eu adoro ficar cansadinha titio” nisso caminhávamos pra escada pra subirmos pro quarto mas titio nos parou e disse já puxando minha calcinha e minha calça aberta pra baixo”meu,não agüento essa putinha… vou te fuder aqui menina,na escada mesmo”eu já coma a bundinha a vista falei achando que ele brincava”nossa,que pressa….lá encima você me come todinha”mas ele já apertando os dedos na minha bucetinha”deita Amanda…deita que nem uma vadia no chão”eu então não curtindo muito aquilo”não…ta bobo?…vamos lá encima titio safado”mas ele me segurando por frente pela buceta me colou de costas de calças ariadas em seu corpo e quando senti seu pau solto no meio de minha bundinha minha xaninha escoreu toda e falei empinando a bundinha e afastando de leve as pernas já que o jeans as prendia”ah!ah!…ahhh!!!seu louco ….enfia então”titio falou com a mão já toda melecada na minha bucetinha”isso safada…. assim mesmo Amanda,putinha tem que dar em todo lugar….acho que fudemos demais tua xaninha terça né…ta toda frouxa já”eu falei metendo uma mão por trás no pau de titio o colocando melhor no meio de minha bundinha”culpa tuah!…me rasgou todinhahh!!…agora não to mais apertadinhah!ah! pra você”pau de titio pulsando na minha mão ele falou gemendo no meu pescoço”até parece menina…você é rasgadinha faz tempo né putinha…né ….te amo minha safada rasgada….ó,deita ai..deita de perna fechada que quero comer tua buceta bem apertadinha”mas eu segurando o pau o direcionei e já sentindo sua cabeça entrando em minha bucetinha falei”não….me come de pé…adoro ser fudida assim titio”é mas porem titio com a mão em minha xana me puxou pra frente e levando seu quadril pra trás disse”não safada…espertinha né…nada disso,eu falei no chão vagabunda…assim é feio Amanda,putinha tem que fazer tudo o que o cara manda”ele falava brincalhão comigo sabido que me matava de prazer dessa forma e titio me tratou de vez como vadia,e eu ame,ao tirar a mão de minha buceta e por trás de mim enfiar um dedo dessa mão em meu cuzinho me dizendo”vai..deita ai…assim vadia..isso mesmo”eu toda sorridente guiada pelo rabo me pus de joelhos no chão falando”ta….ah!ah!louco…me fode toda então”e em seguida deitei da bariga pra baixo com as mãos na escada,no primeiro degrau,com as pernas bem fechadas pois nem tinha como as abrir pela calça na altura do meio das coxas,titio ajoelhou encima de mim,sabem né,dos lado claro,não meteu os joelhos nas minhas costas não,ele se apoiando no chão com uma mão meteu com a outra o pau no meio de minha bunda apertadinha e sem dó fez eu soltar”ah!ah!….ahhhh!!!!ahhhh!!!!!ahhhhh!!!!!!”ele encaixara a pica e querendo me castigar por eu me fazer de putinha pra cima dele enfiou sem enrolação o pau em mim e como eu não sou toda rasgadinha,falamos isso pra nos atiçarmos,deu um incomodo legal na minha bucetinha com a pica entrando funda,reta de um vez só mas claro,foi delicioso isso,titio soltou a mão de seu cacete e deitando sobre mim me segurou pelos seios e pelo braço e socou sem parar a pica na minha xana me beijando e me falando na nuca”assim cadelinha?…assim né…geme Amanda…me mata menina….adoro fazer você gemer lindinha”eu com a cabeça repousada meio dolorida no degrau”ah!ah!… ah!…ahhh!!!ah!”titio ficou me fudendo assim muito gostoso por uns cinco minutos tanto que eu pedi já prestes a gozar”parahh!!!..ah!vamos…ah!..vamos lá pra cima agora”titio ficou risonho no meu pescoço e falou me dando muito prazer por me conhecer legal,ele”ta bom sua mandona…ta quase né…eu também….quer levar na boquinha lá encima?”eu presa no chão,escada”quero”titio saiu de cima de mim tirando lentamente sua pica de minha bucetinha toda molhada,levantei,puxei um pouco minhas calças pra cima mas já meti uma mão na pica de titio e a outra na minha xaninha e assim subimos pro quarto onde eu e mamãe havíamos dormido na noite anterior e lá fudemos legal e aconteceu uma coisa que me deixou muito muito mesmo alegre,titio gozou antes que eu,assim que entramos no quarto,deixamos ...


Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]